Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Tecnologia

Um Tesla Model 3 com painel de instrumentos “tradicional”? Já é possível

Oficialmente, os Tesla Model 3 e Model Y abdicam dos painéis de instrumentos tradicionais, contudo já é possível equipá-los com um. Fiquem a saber como.

Seja por uma questão de contenção de custos ou design ou outra qualquer razão, os Tesla Model 3 e Model Y abdicam dos tradicionais painéis de instrumentos por trás do volante.

As suas funções são congregadas no enorme ecrã central, com o velocímetro a surgir no canto superior esquerdo do ecrã bem como o nível de carga da bateria.

Apesar do visual moderno que esta solução confere ao interior dos modelos da Tesla a verdade é que não está livre de críticas nem agrada a todos os clientes da marca norte-americana. Por isso mesmo, algumas empresas já se dedicaram a “resolver o problema”.

A NÃO PERDER: Tesla Cybertruck já está a ser entregue… à escala 1/10

As soluções encontradas

Uma das empresas que se dedicaram a criar um painel de instrumentos para os Tesla foi a chinesa Hansshow, que criou um ecrã tátil de 10,25” que se coloca na coluna de direção e custa entre cerca de 548 a 665 euros.

Com um recetor de GPS e o sistema operativo Android, para ligar este ecrã aos Tesla Model 3 e Model Y é necessário remover a parte superior da coluna de direção e ligá-lo ao cabo de dados do carro. A juntar às “qualidades” deste ecrã encontramos ainda um altifalante e a conetividade por Wi-Fi.

ecrã digital painel de instrumentos
O ecrã da Hansshow mede 10,25”. Hansshow
VEJA TAMBÉM: Herbert Diess da Volkswagen a liderar a Tesla? Era o que Elon Musk queria

Já para quem prefere um visual mais clássico, a solução ideal talvez seja a proposta pela empresa Topfit. Com um preço de cerca de 550 euros, este painel de instrumentos apresenta-se com dois mostradores redondos e um mostrador central.

Tal como na proposta da Hansshow, para o instalar é preciso desmontar parte da coluna de direção. Em ambos os casos os novos painéis de instrumentos apresentam informações como a velocidade, a autonomia, a temperatura exterior, a pressão dos pneus e até os avisos dos sistemas de ajuda à condução.

Painel de instrumentos Tesla
Ali está o cabo que tem de ser ligado à coluna de direção. Topfit

Por fim, para quem não sente falta de um painel de instrumentos tradicional mas gostava de ter o ecrã central noutra posição a Hansshow também tem uma solução: um suporte rotativo para o ecrã.

Com um custo de cerca de 200 euros, este permite ao painel central rodar e ficar mais virado para o condutor, não interferindo com as atualizações de software a que os Tesla normalmente são submetidos.

Painel de instrumentos Tesla
A Hansshow arranjou forma de “mover” o painel central. Hansshow

Por falar nas atualizações de software, estas podem ser um dos principais “inimigos” destes painéis de instrumentos. É que sempre que a Tesla procede a uma atualização estes sistemas podem deixar de funcionar.

O que vale é que tanto a Hansshow como a Topfit acabam por criar as suas próprias atualizações para corrigir o “problema”.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Ford Puma (coupé)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ainda te lembras dos pequenos coupé dos anos 90?

Mais artigos em Notícias