Apresentação

MINI John Cooper Works Cabrio foi renovado. Pronto para o verão

A versão Cabrio do novo MINI acaba de receber o tratamento John Cooper Works, para explorar os 231 cv deste motor a céu aberto.

Três meses depois de ter apresentado o renovado MINI para 2021 e de recentemente ter mostrado as alterações que fez ao John Cooper Woorks (JCW), a marca britânica acaba de “levantar o véu” à versão mais apimentada do seu descapotável, o MINI John Cooper Works Cabrio.

A variante a céu aberto do JCW tem como ponto de partida o renovado MINI Cabrio, pelo que as modificações se resumem a alguns retoques visuais e a um novo sistema de infoentretenimento. Já a mecânica manteve-se idêntica, o que está longe de ser um “problema”. Mas já la vamos…

Tal como na versão “convencional” do JCW, também este JCW Cabrio se apresenta com uma dianteira renovada, com a marca britânica do grupo BMW a propor agora uma grelha mais larga e mais alta, passando também a incorporar duas novas entradas de ar.

A NÃO PERDER: MINI Electric Pacesetter. O “safety car” zero emissões para a Fórmula E
MINI John Cooper Works Cabrio
Capota de lona pode ser aberta/fechada em andamento, até aos 30 km/h.

Nas laterais, destacam-se as saias específicas mais proeminentes e os novos painéis sobre as cavas das rodas dianteiras, onde se pode ver a assinatura “John Cooper Works”.

Já na traseira, o novo difusor de ar rouba grande parte das atenções, mas é o novo sistema de escape em aço inoxidável com ponteiras de 85 mm de diâmetro que mais se faz ouvir e notar.

LEIAM TAMBÉM: Oficial. O último MINI com motor de combustão chega em 2025
MINI John Cooper Works Cabrio

O tom de amarelo Zesty Yellow — presente na unidade que ilustra este artigo — é uma novidade absoluta da gama e está disponível apenas na versão Cabrio do JCW, que como não poderia deixar de ser, se destaca do “irmão” com tejadilho rígido pela capota em lona, que pode ser aberta ou fechada em apenas 18s.

MINI John Cooper Works Cabrio

A receita mecânica? 231 cv e caixa manual!

No capítulo mecânico, este MINI John Cooper Works Cabrio continua a contar com um motor turbo de quatro cilindros com 2,0 litros que produz 231 cv de potência e 320 Nm de binário máximo, entregues às rodas dianteiras através de uma caixa manual de seis velocidades
. Também está disponível uma caixa (opcional) Steptronic Sport de oito relações.

A NÃO PERDER: Conseguirá o MINI JCW GP vencer o Toyota GR Yaris a chover?
MINI John Cooper Works Cabrio

A versão de caixa manual é capaz de cumprir o habitual exercício de aceleração dos 0 aos 100 km/h em 6,6s, mas na versão de caixa automática este exercício acontece um pouco mais rápido, em 6,5s.

Este JCW Cabrio conta, de série, com uma suspensão desportiva que o diferencia dos restantes modelos da gama. Mas para os mais exigentes, há uma suspensão adaptativa na lista de opcionais que conta com tecnologia de amortecedor selectivo de frequência que ajuda a suavizar as irregularidades do asfalto.

2022 MINI John Cooper Works Cabrio
Habitáculo é partilhado entre a versão “convencional” do MINI JCW e a variante Cabrio.

Mais equipamento

De série, o MINI John Cooper Works Cabrio conta com jantes de liga leve de 17” (18” opcionais) e com discos ventilados com pinças pintadas em vermelho, bem como com o novo sistema de infoentretenimento com painel tátil de 8,8” da BMW, uma das maiores novidades deste habitáculo.

Sabe responder a esta?
Qual a velocidade máxima do novo MINI Cooper SE Countryman ALL4?

Mais artigos em Notícias