Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Restauro

Nissan Skyline GT-R R32. Restauro oficial da Nismo custa os “olhos da cara”

A Nissan inaugurou no final do ano passado um programa de restauro para os Skyline GT-R. Agora divulgou um vídeo que mostra o processo de um desses projetos.

O valor dos Nissan Skyline GT-R disparou nos últimos anos e graças ao novo programa de restauro da Nissan, realizado através da Nismo, tudo indica que o desportivo japonês vai continuar a valorizar durante os próximos anos.

Anunciado no final do ano passado, este programa de restauro da Nissan permite aos proprietários de Skyline GT-R R32, R33 e R34 trazê-los de volta à glória que merecem.

Agora, poucos meses depois, a empresa japonesa acaba de divulgar um vídeo que revela o processo minucioso de um desses restauros. E a avaliar pelo nível de detalhe, é fácil perceber porque a Nismo pode cobrar mais de 400 mil dólares — qualquer coisa como 336 000 EUR — por cada projeto.

VÊ TAMBÉM: Este Skyline GT-R V-Spec II Nür está à venda por 413 mil euros
Nissan Skyline R32 restauro
Cada projeto pode custar mais de 400 mil dólares, qualquer coisa como 336 000 EUR.

O programa de restauro começa com o automóvel em causa a ser totalmente desmontado, antes da carroçaria e o chassis serem pintados com uma tinta branca que permite que um equipamento avançado de medição 3D seja capaz de detetar todas as imperfeições.

Qualquer defeito detetado na carroçaria ou no chassis é imediatamente abordado e corrigido e, caso o cliente o deseje, a Nismo pode deixar o metal do veículo a nu e realizar um trabalho específico de proteção e eliminação de todas as áreas de ferrugem.

A fabricante do país do sol nascente usa ainda uma máquina especial capaz de testar a rigidez de torção do chassis e, caso nada de anormal seja detetado, começa um longo processo de insonorizarão do veículo.

Motor desmontado e revisto

Também o motor que anima cada um destes modelos é visto e revisto. No caso do exemplar do vídeo, um GT-R da geração R32, o aclamado bloco de seis cilindros em linha RB26DETT é desmontado, limpo e construído novamente com peças reconstruídas, corrigidas ou com componentes acabados de fabricar, uma vez que há cerca de dois anos a Nissan voltou a produzir peças para este motor.

Continuando no capítulo mecânico, a suspensão e o sistema de travagem também são totalmente revistos e, caso seja necessários, reconstruídos.

Nissan Skyline R32 restauro
Banho químico permite proteger o metal da carroçaria.
VÊ TAMBÉM: Precisas de peças para o teu MX-5 NA? A Mazda já as tem

Interior pode ganhar nova vida

De forma a combinar com o aspeto imaculado do exterior, a Nissan também pode dar uma nova vida ao interior de todos os automóveis que passam por este programa, podendo recorrer aos mesmos materiais que encontramos no habitáculo de um GT-R de última geração.

Nissan Skyline R32 restauro
Equipamento de medição 3D é capaz de detetar todas as imperfeições da carroçaria.

Porém, e para tristeza dos fãs mais “puristas” da marca, a fabricante japonesa não pode voltar a estofar o habitáculo com os materiais originais, uma vez que estes não cumprem com os padrões atuais de segurança dos retardadores de chama.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro automóvel da SEAT?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

SEAT 1400. Este foi o primeiro automóvel da marca espanhola

Mais artigos em Notícias