Tuning

750 cv e menos de 1100 kg. A réplica mais radical de sempre do Audi Sport Quattro

Uma espécie de "Frankenstein" é o que é esta réplica do icónico Audi Sport Quattro e até tem um "bocadinho de Diesel" dentro de si. Fica a conhecê-la.

Produzida pela preparadora alemã LCE Performance, esta réplica do icónico Audi Sport Quattro é, muito provavelmente, a mais radical delas todas.

Caso não saibas, esta empresa alemã dedica-se (entre outras transformações) a produzir réplicas do Audi Sport Quattro, estando estas divididas num total de seis variantes: Variante 1, 2 e 3, e ainda as S1 E1 – Rallye Version, a S1 E2 e a S1 E2 Pikes Peak.

Aquela de que te falamos hoje é a “Variante 3” e talvez seja um eufemismo dizer que se trata de um elaborado trabalho de corte e costura. Se não acreditas então lê as próximas linhas.

VÊ TAMBÉM: Futuro do Audi A1 em risco? Parece que sim

Muita potência extraída de um motor “novo”

Tal como o Audi Sport Quattro original, esta sua réplica conta com um cinco cilindros em linha que nesta Variante 3 debita uns estrondosos 750 cv (potências começam nos 220 cv), mais até que os “monstros” do Grupo B.

Não será exagerado afirmar que este motor é dos componentes mais interessantes desta bem conseguida réplica. Usamos o adjetivo peculiar porque este é fruto da junção de uma série de componentes que, à primeira vista, nada têm que ver uns com os outros.

O bloco é de um 2.5 l TDI — sim, Diesel — de cinco cilindros provenientes de um Audi A6 TDI e a cambota é proveniente da versão sul-africana da Volkswagen T4 (a Transporter) com motor Diesel, de cinco cilindros, naturalmente. A cabeça do motor, por outro lado, vem de um Audi S2.

A isto juntam-se ainda pistões forjados e um turbocompressor KKK K27. Os 750 cv de potência (que, consoante mais algumas alterações podem ir até aos 1000 cv) são enviados às quatro rodas através de uma caixa manual de seis relações.

“Corte e costura”

Com um peso total de cerca de 1100 kg, a carroçaria deste Audi Sport Quattro é bastante fiel à do original. Para tal, foi preciso um atento e difícil trabalho de “corte e costura”.

A carroçaria é metade Audi 80 (até ao pilar B) e metade Audi Quattro (do pilar B para trás). O portão da bagageira é feito em fibra de vidro reforçada por resina de poliéster enquanto os guarda-lamas, painéis laterais, tejadilho, capô e os “aventais” dianteiro e traseiro são produzidos pela empresa suíça “Seger and Hoffmann”.

Equipada nesta “Variante 3” com um kit de carroçaria em fibra de carbono, esta réplica do Audi Sport Quattro conta ainda com bancos Recaro, jantes BBS, um sistema de escape de 89,9 mm feito à medida, um sistema de travagem da Brembo que inclui, à frente, os discos de travão de 365 mm do Porsche 911 GT3 RS (996). O chassis é também feito à medida pela KW.

Tudo isto contribui para que este «Audi Sport Quattro» cumpra os 0 aos 100 km/h em cerca de 3,5s e alcance os 280 km/h de velocidade máxima, tudo isto num modelo certificado pela TÜV e que pode circular na via pública.

Quanto ao preço, a LCE Performance não o revela, no entanto, sabemos que a versão mais acessível desta réplica começa nos 90 mil euros. Esta Variante 3 deverá ser bastante mais.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Audi A2?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Audi A2, à frente do tempo

Mais artigos em Notícias