Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Marco

Mercedes-Benz já produziu 50 milhões de automóveis

A Mercedes-Benz celebra a produção do seu veículo 50 milhões. O marco foi atingido com a primeira unidade produzida do Mercedes-Maybach Classe S.

50 milhões de automóveis produzidos. O impressionante número alcançado pela Mercedes-Benz (inclui a Smart) é um marco significativo na história da marca da estrela. Um número que engloba todas as fábricas da marca espalhadas pelo mundo.

A unidade 50 milhões é também a primeira unidade a ser produzida do novo Mercedes-Maybach Classe S, a sair da Factory 56, em Sindelfingen, Alemanha. É aqui que também são produzidos os restantes Classe S e será o local de produção do novo EQS.

Uma fábrica que abriu portas em setembro de 2020 e é, atualmente, o local de produção mais tecnologicamente avançado da Mercedes-Benz. Serve também de referência para as outras fábricas da marca no planeta que apostam na flexibilidade, digitalização, eficiência e sustentabilidade. Apesar de fisicamente afastadas, estão digitalmente unidas, graças ao ecossistema digital MO360.

TENS DE VER: A Daimler vai passar a chamar-se apenas Mercedes-Benz. Porquê?

Um ecossistema que permite uma organização otimizada da sua rede global de produção. Permite, por exemplo, transferir capacidade de produção individualmente entre fábricas para melhor responder às necessidades do mercado, assim como alcançar maiores sinergias e custos mais reduzidos e aumentar a eficiência e produtividade.

"A Mercedes-Benz sempre foi sinónimo de luxo. É por isso que estou muito orgulhoso deste aniversário especial de produção: 50 milhões de veículos produzidos é um marco significativo na história da nossa empresa, e uma conquista excecional conseguida pela equipa".

Jörg Burzer, membro do Conselho da Administração da Mercedes-Benz AG, Produção e Cadeia de Fornecimento

Se estes 50 milhões de automóveis produzidos nos últimos 75 anos foram, essencialmente, veículos com motores de combustão, os próximos… 50 milhões deverão ser, incrementalmente, automóveis elétricos. A ofensiva elétrica da Mercedes-Benz e Smart está a “todo o vapor”. Depois de termos conhecido o EQC, em 2021 serão adicionados novos quatro novos modelos à família EQ de modelos 100% elétricos.

O EQA já foi revelado, mas até ao final do ano estará acompanhado pelo EQB, EQE e EQS. E para o ano, em 2022, mais dois modelos 100% elétricos serão adicionados ao portefólio da marca.

VÊ TAMBÉM: Ola Källenius, CEO da Mercedes-Benz: “Um automóvel é muito mais do que um aparelho conectado”

Mais artigos em Notícias