Desde 31 061 euros

SEAT Leon Sportstourer FR 1.5 eTSI. O que vale a nova carrinha espanhola?

Num mercado cada vez mais dominado pelos SUV, a SEAT Leon Sportstourer FR 1.5 eTSI mostra que as carrinhas ainda têm uma palavra muito importante a dizer. Principalmente nesta versão FR 1.5 eTSI.

Febre SUV. Um pouco por toda a Europa, o segmento das carrinhas tem perdido relevância. No seu lugar têm surgido os SUV, modelos que têm galvanizado praticamente toda a atenção de particulares e empresas na procura por mais espaço e versatilidade.

Portugal, apesar da apetência histórica pelas carrinhas, não tem sido excepção. E é precisamente neste contexto que a SEAT lança a Leon Sportstourer. Uma carrinha que nesta nova geração surge com os seus argumentos (muito) reforçados.

VÊ TAMBÉM: Culpem os SUV. Carrinhas também em queda

SEAT Leon Sportstourer. Para quem?

Quem procura uma carrinha já não o faz apenas pela procura de espaço adicional ou pelo estilo. Nestes dois particulares, na maioria das vezes, os SUV oferecem mais sem onerar excessivamente a nossa carteira.

Não é nestes aspetos que a SEAT Leon Sportstourer, que me fez companhia durante uma semana, puxa dos seus galões. Apesar de em termos estéticos as imagens falarem por si:

Nesta nova geração a SEAT Leon Sportstourer está maior, mais espaçosa e mais dinâmica. © Guilherme Costa / Razão Automóvel

Trata-se de uma versão FR 1.5 eTSI, portanto, uma das versões mais potentes e dinâmicas da gama Leon Sportstourer. A sua dinâmica é irrepreensível, é para quem gosta de conduzir — é por isso uma pena que o ESP não seja totalmente desligável.

Quem procura uma carrinha como esta, fá-lo porque gosta de conduzir. O binómio dinâmica/conforto alcançado nesta nova geração da SEAT Leon Sportstourer FR 1.5 eTSI não é alcançável pela esmagadora maioria dos SUV. Por outro lado, por apenas mais 1340 euros, oferece mais espaço e conforto do que o SEAT Leon 5P.

A provar isso estão os 620 litros de capacidade de bagageira, que são capazes de engolir toda a tralha necessária para um fim-de-semana em família. E até um Beagle (chama-se Frank), que durante a sessão fotográfica achou que ali é que ficava bem. © Guilherme Costa / Razão Automóvel

Quem escolher os lugares traseiros para viajar também vai ter uma agradável surpresa. A SEAT Leon Sportstourer oferece muito espaço. Mas sem dúvida que a maior gratificação vai para quem segue ao volante.

VÊ TAMBÉM: Adeus, Diesel? Testámos a Renault Mégane ST E-TECH (híbrida plug-in)

Ao volante da Leon Sportstourer FR

É na estrada que a Leon Sportstourer FR 1.5 eTSI se exprime melhor. Não é apenas uma carrinha para levar as crianças à escola ou ir ao supermercado comprar a lista de produtos do mês. É um pouco mais do que isso.

É uma boa parceira numa estrada revirada, sem «passar» uma fatura demasiado pesada às nossas costas no final do dia. Dito isto, a SEAT Leon Sportstourer FR 1.5 eTSI não é a carrinha mais confortável do segmento nem tem pretensões a sê-lo.

Estas jantes exclusivas da versão FR fazem muito pelo aspeto dinâmico desta unidade. © Guilherme Costa / Razão Automóvel
VÊ TAMBÉM: Ford Focus ST-Line 1.0 Ecoboost (155cv). Compensa comprar o mais potente?

Não que seja desconfortável, que não é, mas nota-se uma preocupação adicional com a componente dinâmica, face, por exemplo a uma Skoda Octavia Break com quem partilha a plataforma.

Nota-se essa preocupação na resposta da direção (muito direta e decidida) e na resposta das suspensões quando o piso se encontra mais degradado. E nem o sistema DCC (Dynamic Chassis Control) consegue anular esta tendência.

Depois temos o motor 1.5 eTSI de 150 cv, nome de código: EA211, uma das «jóias da coroa» do Grupo VW. Um motor com turbo de geometria variável, sistema de desativação de cilindros, sistema mild-hybrid de 48 V e mais alguns segredos. Segredos que podes conhecer com maior detalhe clicando neste link.

Bons materiais, boa montagem. O SEAT Leon nesta quarta geração deu um passo no sentido certo. Recorrendo à mesma tecnologia do Golf, não tem tantos materiais suaves ao toque mas tem uma apresentação mais interessante. © Guilherme Costa / Razão Automóvel

Quando selecionamos o modo Sport no SEAT Drive Profile, a resposta deste motor não se faz tardar. Responde muito bem desde baixos regimes e encontra na caixa DSG-7 uma ótima parceira para explorar todo o seu potencial. Afinal de contas, são 150 cv e 250 Nm.

Os 0-100 km/h cumprem-se em 8,7 segundos e a velocidade máxima é de 221 km/h.

Se por um lado a performance está em bom plano, os consumos também. Nestes dias de teste, sem ser propriamente meigo com o acelerador, alcancei médias de 7,5 litros/100km. Não é um valor recordista, mas é adequado face ao que esta carrinha espanhola tem para oferecer.

Preço

unidade ensaiada

39.810

Versão base: €34.446

IUC: €137

Classificação Euro NCAP:

  • Motor
    • Arquitectura: 4 cilindros em linha
    • Capacidade: 1498 cm3
    • Posição: Dianteira transversal
    • Carregamento: Injeção direta + turbo + intercooler
    • Distribuição: 2 a.c.c., 4 válvulas/cilindro
    • Potência: 150 cv entre as 5000 e as 6000 rpm
    • Binário: 250 Nm entre as 1500 e as 3500 rpm
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: DSG de sete velocidades
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 4642 mm / 1799 mm / 1437 mm
    • Distância entre os eixos: 2686 mm
    • Bagageira: 620 litros
    • Peso: 1411 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: 5,9 l/100 km
    • Emissões de CO2: 133 g/km
    • Vel. máxima: 221 km/h
    • Aceleração: 8,7s
  • Equipamento
    • Jantes de liga leve 17"
    • Para-choques Desportivos
    • Barras de tejadilho Pretas
    • Vidros traseiros escurecidos
    • Spoiler traseiro
    • Espelhos retrovisores com regulação elétrica e aquecidos com recolhimento eletrico
    • Limpa pára-brisas com função intermitente, com sensor de chuva e luz
    • Volante desportivo multifunções em pele com tiptronic
    • Espelho interior anti-encadeamento automatico
    • Vidros dianteiros e traseiros elétricos
    • Seleção do perfil de condução e amortecedor convencional
    • Assistente de faixa de rodagem
    • Sensores de estacionamento traseiro
    • Aviso de colisão, com travagem de emergência, com outros veículos, peões ou ciclistas
    • Sistema de Cruise Control (CCS) com limitador de velocidade
    • Sistema de alerta de fadiga do condutor
    • Câmara monovideo multifunções
    • Climatronic (3-zonas) com painel de controlo do ar condicionado para os bancos traseiros
    • Quadro de instrumentos digital SEAT
    • Bluetooth
    • Sistema de Som Media Plus 8,25"
    • 2 portas dianteiras USB Type C e 2 portas USB Type C traseiras
    • Recepção de rádio Digital
    • Faróis dianteiros Eco LED
    • Farolins traseiros LED com luz infinita
    • Faróis de nevoeiro dianteiros LED com função luz de curva
    • Luzes diurnas com controlo automático e Função Coming & Leaving Home
    • Diferencial autoblocante eletrónico (XDS)
    • Sistema Kessy Go sem função SAFE
    • Travão de mão elétrico
    • Bancos dianteiros ajustáveis em altura manualmente
    • Paineis das portas em semi-pele
    • Bancos dianteiros com apoio lombar ajustável manualmente
    • Gaveta sob o banco dianteiro esquerdo
Avaliação
7 / 10
A SEAT Leon Sportstourer nesta versão FR 1.5 eTSI DSG é a resposta para quem procura um familiar com verdadeiras qualidades dinâmicas. Não é uma carrinha desportiva mas está muito próxima desse conceito. De facto, a sua grande mais valia é essa mesmo: conseguir entreter-nos sem perder as competências que se espera de uma viatura familiar.
  • Design;
  • Lista de equipamento;
  • Dinâmica;
  • Aspeto do interior;
  • Espaço.
  • Alguns materiais do interior;
  • Suspensão por vezes demasiado desportiva;
Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o SEAT Ronda?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Este SEAT Ronda foi usado como prova em tribunal. Porquê?

Mais artigos em Testes, Ensaio