Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Hyundai Kauai Electric 2021. Novo estilo para o (ainda) SUV compacto elétrico que vai mais longe

O Hyundai Kauai Electric foi também reestilizado, tal como os restantes Kauai. O que não mudou? Os 484 km de autonomia máxima, uma das maiores do segmento.

Depois de termos conhecido os reestilizados Hyundai Kauai com motor de combustão — tendo estreado até uma nova versão de aspeto desportivo N Line —, chega agora a vez do Hyundai Kauai Electric receber o mesmo tratamento.

E o destaque vai todo para a nova frente, de desenho distinto dos seus irmãos a combustão. De notar a ausência de uma grelha dianteira, tendo apenas uma entrada de ar inferior. Algo que já acontecia no Kauai Electric que conhecemos, mas desta vez, nem sequer vemos qualquer tipo de grafismos no seu lugar — é apenas uma suave superfície.

De notar ainda duas entradas de ar verticais nas extremidades do para-choques dianteiro, que possuem a função aerodinâmica de reduzir a turbulência que acontece nas cavas das rodas dianteiras.

 

VÊ TAMBÉM: Mais estilo, eletrificação, tecnologia e inédito N Line para o Hyundai Kauai
Sucesso
Desde que foi lançado em 2018, o Hyundai Kauai Electric já vendeu mais de 120 mil unidades, com mais de 53 mil dessas a terem acontecido no continente europeu.

Dos restantes Kauai herda os faróis e luzes diurnas, assim como as óticas traseiras, mais estilizadas do que aquilo que conhecíamos. Tal como a versão N Line, também as molduras dos arcos das rodas, assim como os para-choques, são à cor da carroçaria.

No interior, e tal como já acontecia hoje, o Hyundai Kauai Electric distingue-se pela consola central de desenho exclusivo relativamente aos outros Kauai. No restante interior vemos os mesmos melhoramentos dos restantes Kauai, nomeadamente a introdução do painel de instrumentos digital de 10,25″ que pode ser acompanhado, opcionalmente, por um ecrã tátil de 10,25″ para o novo sistema de infoentretenimento AVN.

Recebe, naturalmente, toda a panóplia de equipamentos de segurança que vimos nos outros Kauai, onde se inclui o reforçar dos assistentes à condução.

Ainda é um dos elétricos que vai mais longe

Por baixo do capô não há novidades. O Hyundai Kauai Electric continua a oferecer duas baterias, uma de 39,2 kWh e outra de 64 kWh, o que lhe garante, respetivamente, 305 km e 484 km de autonomia. Este último valor ainda continua a ser um dos mais elevados no segmento.

Associado à bateria pequena continuamos a ter um motor elétrico de 136 cv, enquanto com a bateria maior temos uns mais substanciais — e interessantes — 204 cv, com ambos a oferecerem imediatos 395 Nm de binário. Os 100 km/h chegam em já “rapidinhos” 7,9s para a versão de 204 cv e a velocidade máxima é limitada a 167 km/h — no de 136 cv o primeiro valor sobe para os 9,9s e o segundo desce para os 155 km/h.

O novo Hyundai Kauai Electric permite carregar a bateria dos 10% aos 80% em 47 minutos num carregador de 100 kW (DC), levando 48 minutos num de 50 kW (DC), caso se trate da bateria de 39,2 kWh e 64 minutos no caso da de 64 kWh. Em corrente alterna, dos 10% aos 100%, a bateria de 39,2 kWh demora seis horas a carregar no carregador a bordo de 7,2 kWh, e 9h15 min na bateria de 64 kWh.

Quando chega?

Os renovados Hyundai Kauai com motor de combustão começam a chegar no final deste ano, enquanto Hybrid deverá chegar no início do próximo ano. Já o agora revelado Hyundai Kauai Electric deverá tardar um pouco mais, talvez no final do primeiro trimestre de 2021 (início da primavera).

Hyundai Kauai Electric 2021

 

Sabe responder a esta?
Que nome a Maserati deu ao motor do MC20?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Maserati MC20. Estivemos com o novo supercarro italiano (c/ vídeo)

Mais artigos em Notícias