Apresentação

Geely Preface. A berlina chinesa que partilha com o XC40 mais do que imaginas

Muito dificilmente o veremos por cá, mas o Geely Preface demonstra a enorme flexibilidade da plataforma CMA estreada pelo Volvo XC40.

As plataformas automóveis nunca foram tão flexíveis como hoje em dia. A mesma plataforma tanto serve um pequeno familiar como um enorme SUV de sete lugares, e tão bem acomoda motores de combustão como uma máquina elétrica e a sua generosa bateria. O novo Geely Preface é mais um exemplo dessa flexibilidade.

Por baixo das suas linhas elegantes — bastante europeias até, ou não tivesse sido desenhado pela equipa de Peter Horbury, ex-designer da Volvo, autor do primeiro S80, entre outros — encontramos a plataforma CMA (Compact Modular Architecture), a mesma que o Volvo XC40 estreou em 2017.

Uma plataforma desenvolvida em conjunto pela Volvo e a Geely (além de marca, a Geely é também a atual proprietária da Volvo) e que desde o XC40, já serviu uma série de outros modelos de outras marcas do grupo chinês.

Geely Preface
VÊ TAMBÉM: Tradicional na forma, mas eletrificado. O DS 9 é o novo topo de gama da marca francesa

Além do SUV sueco serve todos os modelos da Lynk & Co (modelos 01, 02, 03 e 05) — marca chinesa criada em 2016 que se posiciona entre a Geely e a Volvo —, o Polestar 2 e o Geely Xingyue.

A maioria destes modelos são crossover/SUV, à exceção do Lynk & Co 03 e do Polestar 2, ambos sedã. No caso do Polestar, além de ser o único exclusivamente elétrico, poderia também ser considerado um crossover, dado os genes SUV visíveis no seu design, com destaque para a distância ao solo majorada.

Desde a sua estreia no Volvo XC40 em 2017, já foram produzidos mais de 600 mil veículos assentes sobre a CMA e certamente não serão precisos tantos anos para duplicar esse valor — o número de modelos que dela derivam ainda continua a crescer.

Geely Preface
VÊ TAMBÉM: Crise? O Volvo XC40 não quer saber e vendas estão a crescer em 2020

Geely Preface

E o mais recente dos modelos derivados da CMA é o Geely Preface agora revelado, antecipado o ano passado por um concept de igual nome. É o segundo modelo da Geely a usufruir da CMA e trata-se de um sedã feito à medida do seu mercado doméstico, o chinês. Apesar de os sedãs também estarem sob ameaça do avanço dos SUV — sobretudo nos EUA e Europa —, na China ainda conhecem uma forte aceitação.

É baseado na Compact Modular Architecture, mas a berlina chinesa não é tão compacta como isso. Na realidade é um pouco maior que o Volvo S60 em todas as direções, que assenta sobre a maior SPA (Scalable Product Architecture), que serve de base às gamas 60 e 90 da marca sueca.

Geely Preface

São 4,785 m de comprimento, 1,869 m de largura e 1,469 m de altura (respetivamente, 4,761 m, 1,85 m e 1,431 m para o S60) e apenas a distância entre eixos é inferior à da berlina sueca: 2,80 m contra 2,872 m.

Mesmo assim, é de prever que as cotas internas sejam mais generosas no Preface do que no S60, sobretudo atrás, dado o favorecimento do mercado chinês a essa característica — basta referir a enorme quantidade de modelos nossos conhecidos que são vendidos em variantes alongadas no mercado chinês.

Geely Preface

Ainda não há imagens do interior, mas quando chegar ao mercado, fa-lo-á com apenas uma motorização a gasolina com 2.0 l de capacidade, turbocompressor e 190 cv e 300 Nm — pelo menos, para já. 

Não é de esperar que seja comercializado noutros mercados que não o chinês.

Sabes responder a esta?
Qual foi o último dos Volvo a vir equipado com um motor V8?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O Último dos… Volvo com um motor V8
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

O Último dos… Volvo com um motor V8

Mais artigos em Notícias