Restomod

Este é o BMW 3.0 CS modificado do Ironman, perdão, do ator Robert Downey Jr.

Robert Downey Jr., o ator que faz de Ironman, parece também ter gosto pelas quatro rodas, como podemos ver no seu "restomodded" BMW 3.0 CS de 1974.

Estamos mais habituados a ver Ironman (Homem de Ferro) ou Tony Stark a conduzir modelos da Audi, mas o seu alter-ego no mundo real Robert Downey Jr., fixou a sua atenção neste belíssimo BMW 3.0 CS (E9) de 1974.

Como dá para ver, não está no seu estado original, tendo sido modificado pela SpeedKore Performance. É uma estreia para a empresa, já que se trata do seu primeiro automóvel modificado não-americano.

Porém, não é o primeiro carro que modificaram para Robert Downey Jr. Foram igualmente eles que trabalharam no seu Ford Mustang Boss 302 de 1970, e ainda foram os responsáveis pelo Chevrolet Camaro de 1970 que o ator ofereceu ao seu colega Chris Evans… Sim, esse mesmo, o Capitão América.

VÊ TAMBÉM: Vin Diesel recebeu como prenda de aniversário um Dodge Charger… com mais de 1600 cv

Para o estilo…

Se há coisa pela qual a SpeedKore é conhecida é por serem especialistas em fibra de carbono, porém, o BMW 3.0 CS de RDJ mantém a carroçaria em aço do modelo original, tendo esta sido restaurada pela empresa.

No entanto, a fibra de carbono não deixa de estar presente. Podemos vê-la no avental dianteiro customizado, nas saias laterais e no para-choques traseiro. Adições que geram um interessante contraste cromático com a carroçaria cor de laranja.

Ainda por fora, vemos as também novas jantes forjadas de três peças da HRE em cinzento “gunmetal”. Por detrás destas esconde-se um conjunto de amortecedores da Bilstein e um sistema de travagem majorado da Brembo com pinças de seis pistões à frente e quatro atrás.

Saltando para o interior, destaque para a textura a imitar madeira em tom cinzento que vemos no tabliê, no volante Nardi e também nas portas — textura que foi igualmente replicada no friso exterior que delimita a linha de cintura, assim como no spoiler traseiro —, e ainda para os revestimentos em pele em tom de café.

As modificações no interior foram bastante extensas. Nada, ou quase nada, no tabliê e painel de instrumentos permaneceu igual ao do BMW 3.0 CS original. Os instrumentos provêem da Classic Instruments, enquanto algures no tabliê esconde-se, felizmente, um… ecrã tátil para o sistema de infoentretenimento.

Também os lugares traseiros foram removidos, para dar mais espaço para as bagagens. Percebe-se a decisão, pois na bagageira foi integrada uma mala térmica da Yeti, revestida a pele.

VÊ TAMBÉM: O Isuzu Trooper… não, Opel Monterey… não! O Acura SLX foi alvo de um restomod

Não é só para o estilo…

O BMW 3.0 CS de 1974 de Robert Downey Jr. não viu apenas o seu aspeto ser modificado. Por baixo do capot respira agora o S38, o mesmo bloco de seis cilindros em linha de 3,6 l do BMW M5 E34. Ou seja, são 315 cv de potência, bem mais que os 180 cv que o bloco de 3.0 l com carburador do modelo original.

SpeedKore BMW 3.0 CS 1974

Com tanto “poder de fogo” adicional, surpreende que tenham escolhido como transmissão uma caixa automática de quatro velocidades da ZF e não a caixa manual do M5 — destoa um pouco, não?

Sabes responder a esta?
A primeira vitória de Miguel Oliveira no Moto GP foi também brindada com a oferta de um automóvel. Qual foi?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Miguel Oliveira! Primeira vitória no Moto GP e também ganha um BMW M4

Mais artigos em Notícias