Apresentação

Highlander Hybrid, o SUV “tamanho familiar” da Toyota, estreia-se na Europa

Ao fim de quatro gerações, o Toyota Highlander Hybrid chega pela primeira vez à Europa. Bem maior que o RAV4, é também híbrido, tem tração integral e sete lugares.

Em cerca de um mês, a gama SUV da Toyota na Europa duplicou, ou melhor, duplicará em 2021, assim que as novas adições ao portefólio de SUV da marca cheguem ao mercado. Assim, depois de termos conhecido o compacto Yaris Cross, é a vez de conhecermos o imenso Toyota Highlander Hybrid.

Apesar de ser uma novidade por cá, o Highlander Hybrid vai já na sua quarta geração e é precisamente esta — que se estreou no Salão de Nova Iorque do ano passado — que vem para a Europa.

Desenvolvido com base na plataforma GA-K (a arquitetura global TNGA), a mesma usada pelo Camry e RAV4, o Toyota Highlander Hybrid apresenta-se com sete lugares, tração integral e, claro está, uma motorização híbrida.

VÊ TAMBÉM: Já testámos o Toyota C-HR mais potente e eficiente de sempre (vídeo)
Toyota Highlander
As jantes são de 20”, e o Toyota Highlander tem uma capacidade de reboque de duas toneladas.

Os números do Toyota Highlander Hybrid

Com 4950 mm de comprimento, o Highlander Hybrid é consideravelmente mais comprido que o RAV4 que mede “apenas” 4600 mm.

Assim sendo, não é de estranhar que consiga oferecer até sete lugares e uma bagageira com 658 litros de capacidade que podem ir até aos 1909 litros com a segunda e terceira filas rebatidas.

Toyota Highlander
Nas versões de topo o Highlander Hybrid vai contar com um ecrã de 12,3″, head-up display, Apple CarPlay e Android Auto, carregador por indução e bancos ventilados.

No que diz respeito à mecânica, o Highlander Hybrid conjuga o quatro cilindros de 2.5 l (ciclo Atkinson) com dois motores elétricos que asseguram a tração integral AWD-i e são alimentados por baterias de hidretos metálicos de níquel colocada debaixo da segunda fila de bancos.

O resultado final é uma potência combinada de 244 cv. Já as emissões de CO2 e os consumos anunciados são, respetivamente, de 146 g/km e 6,6 l/100 km, ciclo WLTP.

VÊ TAMBÉM: Tens um Toyota, mas sonhas com um Lamborghini ou um Ferrari

Tal como acontece noutras propostas da Toyota, também o Highlander Hybrid conta com quatro modos de condução: “Eco”, “Normal”, “Sport” e “Trail”.

Com chegada aos mercados europeus prevista para o início de 2021, ainda não se sabe quanto é que o Highlander Hybrid deverá custar em Portugal nem qual a data específica de início de comercialização no nosso país.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Toyota Prius AWD-i?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o novo Toyota Prius AWD-i. O pioneiro dos híbridos ainda faz sentido?

Mais artigos em Notícias