Apresentação

Este é o primeiro Nissan GT-R 50 by Italdesign de produção. O GT-R de um milhão de euros

O primeiro Nissan GT-R 50 by Italdesign de produção foi revelado pela Italdesign no circuito Tazio Nuvolari em Itália. Apenas 50 unidades serão produzidas.

Está limitado a 50 unidades e cada uma deverá rondar o milhão de euros — 990 mil euros, para ser mais preciso —, com muito espaço para a personalização. O Nissan GT-R 50 by Italdesign é o resultado da colaboração entre a Nissan e a Italdesign, motivada pela celebração do 50º aniversário tanto do GT-R como da Italdesign.

O que começou por ser apenas um protótipo funcional deu lugar à decisão de produzir uma pequena série de 50 unidades, com as entregas a começar no final deste ano ou início do próximo. Por agora, ultimam-se os testes dinâmicos para efeitos de homologação final.

Baseado no Nissan GT-R Nismo, o GT-R 50 difere bastante deste no seu design. É possível ainda “ver” o GT-R no GT-R 50 by Italdesign nas proporções e contornos gerais — apesar de 54 mm mais baixo —, mas muitos foram os elementos redesenhados.

VÊ TAMBÉM: 6 Lamborghini especiais, porque os outros são demasiado “banais”
Nissan GT-R 50 by Italdesign

A parte mais distinta do renovado design encontra-se na traseira. As óticas circulares, imagem de marca do GT-R, mantém-se, quase parecendo estarem separadas da carroçaria, mas é a asa traseira específica e a forma como esta está integrada na carroçaria que merece todo o destaque.

Não é só para o estilo

Além do design único, também o VR38DETT, o V6 twin turbo de 3.8 l do GT-R, mereceu particular atenção. Construído à mão, no GT-R 50 by Italdesign os valores de potência e binário sobem expressivamente para os 720 cv e 780 Nm, mais 120 cv e 130 Nm do que o Nismo que deriva.

Para fazer face aos números mais gordos, o GT-R 50 by Italdesign vem com uma caixa sequencial reforçada de seis velocidades; o sistema de travagem foi também majorado, cortesia da Brembo; a suspensão foi revista pela Bilstein, tendo agora amortecimento continuamente ajustável; e os pneus passaram a ser Michelin Pilot Super Sport com as generosas medidas de 255/35 R21 à frente e 285/30 R21 atrás.

TENS DE VER: Como seria um Nissan GT-R de tração traseira? O JRM GT23 é a resposta

Ainda há unidades sem dono

A customização será um dos pontos fortes deste modelo — basta ver as imagens do GT-R 50 by Italdesign de produção número um, com uma carroçaria bicolor, a combinar o preto com um verde-azulado (teal), um tom algo incomum para um veículo de tão elevadas prestações.

De acordo com o comunicado oficial da Italdesign, a carteira de encomendas para o GT-R do milhão de euros já se encontra bastante composta, mas ainda existem algumas unidades disponíveis.  Aqueles que já encomendaram o seu estão agora na fase de configuração e personalização, onde até é possível escolher uma decoração evocativa dos GT-R que brilharam na competição.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual a geração do Nissan Skyline GT-R que testámos na Razão Automóvel?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o Nissan Skyline GT-R (R34) em vídeo. O verdadeiro Godzilla

Mais artigos em Notícias