Produção

Volkswagen ID.3 retoma produção e será lançado no verão… como prometido

A atividade começa a retornar às fábricas de automóveis europeias e a que produz o Volkswagen ID.3 em Zwickau não é diferente.

O Volkswagen ID.3 é, talvez, o mais importante modelo da marca alemã de momento. Porquê? O ID.3 será o principal “cavalo de batalha” da Volkswagen na eletrificação do automóvel.

É essencial que suceda, até para justificar os avultados investimentos na mobilidade elétrica já efetuados pela marca/grupo alemão. E isto sem contar com os próximos investimentos já anunciados, como os 33 mil milhões de euros de investimento em mobilidade elétrica para o período de 2020-2024!

O que ninguém previu nos seus planos de negócios foi uma pandemia que conseguiu parar toda a máquina industrial europeia, mas após quase dois meses, eis que surgem os primeiros sinais de retoma.

VÊ TAMBÉM: ID.3. O início de uma nova era para a Volkswagen (vídeo)

Um desses locais é precisamente um dos epicentros da revolução elétrica que vai marcar a atividade da Volkswagen nos próximos anos. A fábrica do construtor alemão em Zwickau, onde é produzido o ID.3, já retomou a sua atividade, ainda que de forma parcial.  De momento ainda está a um terço da capacidade pré-suspensão, produzindo 50 Volkswagen ID.3 por dia, e a ritmo reduzido — há que garantir que estão reunidas todas as condições para proteger a saúde dos trabalhadores.

De que forma é que esta paragem forçada alterou os planos de lançamento de um modelo tão importante como o Volkswagen ID.3? Aparentemente nada. A marca afirma que o lançamento do ID.3 durante o verão, como originalmente programado, é ainda viável.

O objetivo, para já, é produzir as 30 mil unidades referentes ao ID.3 1ST — a edição especial de lançamento — para que sejam todas entregues aos seus futuros proprietários simultaneamente. O ID.3 1ST está equipado com o motor de 204 cv e a bateria de 58 kWh, capaz de 420 km de autonomia e com um preço de aproximadamente 40 mil euros.

A fábrica de Zwickau será progressivamente dedicada apenas e só à produção de veículos elétricos. Além do Volkswagen ID.3, futuramente veremos os SEAT el-Born e Audi Q4 e-tron, todos eles derivados da MEB, a plataforma dedicada a veículos elétricos do Grupo Volkswagen, a serem também por lá produzidos.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual a base do crossover descapotável Biagini Passo?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Biagini Passo, o Volkswagen T-Roc Cabrio dos anos 90

Mais artigos em Notícias