Apresentação

Tudo o que precisas de saber sobre o novo Kia Sorento

A quarta geração do Kia Sorento já é uma realidade. Maior que o seu antecessor, o SUV sul-coreano aposta na tecnologia e até conta com uma versão híbrida.

Cerca de 18 anos depois do lançamento da primeira geração e com três milhões de unidades vendidas, o Kia Sorento, que deveria ter sido publicamente apresentado no (cancelado) Salão de Genebra, conhece agora a sua quarta geração.

Desenvolvido com base numa nova plataforma, o Sorento cresceu 10 mm face ao seu antecessor (4810 mm) e viu a distância entre eixos aumentar 35 mm, passando para os 2815 mm.

Esteticamente, o Kia Sorento conta com a já tradicional grelha “nariz de tigre” (é assim que a marca sul-coreana a denomina) que neste caso integra os faróis que apresentam luzes diurnas em LED.

VÊ TAMBÉM: Kia prepara novo logótipo. O que vem aí?
Kia Sorento

Já na traseira, os faróis foram buscar inspiração ao Telluride e destacam-se pelo estilo retilíneo. Há ainda um pequeno spoiler e a designação do modelo surge em posição central, tal como na ProCeed.

O interior do Kia Sorento

No que diz respeito ao interior do novo Sorento, o maior destaque vai para os ecrãs do painel de instrumentos e do sistema de infotainment que passou a contar com o sistema UVO Connect.

O primeiro apresenta-se com 12,3” e o segundo com 10,25”. Para além destes, também a organização espacial do tablier foi revista, abandonando o esquema em “T” do predecessor, adotando linhas horizontais, “cortadas” apenas pelas saídas de ventilação, de orientação vertical.

No que diz respeito ao espaço, tal como o antecessor o novo Kia Sorento pode contar com cinco ou sete lugares. Na configuração de cinco lugares o Sorento oferece uma bagageira com 910 litros.

Já quando conta com sete lugares esta tem até 821 litros que descem para os 187 litros com os sete lugares montados (179 litros no caso das versões híbridas).

VÊ TAMBÉM: Mais competitivo? Testámos o renovado Niro HEV, o crossover híbrido da Kia

Tecnologia ao serviço da conetividade…

Como seria de esperar, a nova geração do Kia Sorento conta com um considerável reforço tecnológico face ao seu antecessor.

Ao nível da conetividade, para além do UVO Connect o modelo sul-coreano apresenta-se com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto, ambos emparelháveis sem fios. Já o sistema de som da BOSE conta com um total de 12 altifalantes.

A NÃO PERDER: Testámos o Honda CR-V Hybrid. Diesel para quê?

… e da segurança

No que à segurança diz respeito, o novo Sorento apresenta-se com os Sistemas Avançados de Assistência ao Condutor (ADAS) da Kia.

Consoante as especificações estes incluem sistemas como a Assistência à Prevenção de Colisões Frontal com deteção de peões, ciclistas e viaturas; monitor do ângulo Morto; cruise control inteligente com função Stop&Go entre outros.

Ainda ao nível dos sistemas de ajuda à condução, o Sorento apresenta-se com tecnologia de condução autónoma de nível dois. Denominada “Assistência à Circulação na Faixa de Rodagem” esta comanda a aceleração, a travagem e a direção consoante o comportamento do veículo que segue à frente.

Por fim, caso se opte pela tração integral o Kia Sorento apresenta-se com o sistema “Terrain Mode” que facilita a progressão em areia, neve ou lama, controlando o controlo de estabilidade e a distribuição do binário pelas quatro rodas e adaptando os tempos das passagens de caixa.

VÊ TAMBÉM: Uma semana ao volante do Kia e-Soul (64 kWh)

Os motores do novo Sorento

No que diz respeito às motorizações, o novo Kia Sorento vai estar disponível com duas opções: uma Diesel e outra híbrida a gasolina.

Começando pelo Diesel, trata-se de um tetra-cilíndrico com 2.2 l e debita 202 cv e 440 Nm. Mais leve 19,5 kg que o antecessor (graças ao facto de o bloco ser em alumínio em vez de ferro fundido), este surge associado a uma nova caixa automática de dupla embraiagem de oito velocidades.

Quanto à versão híbrida, esta conjuga um 1.6 T-GDi a gasolina com um motor elétrico com 44,2 kW alimentado por um conjunto de baterias de polímeros de iões de lítio de 1,49 kWh de capacidade. Já a transmissão está a cargo de uma caixa automática de seis velocidades.

VÊ TAMBÉM: Testámos o SEAT Tarraco 1.5 TSI. Faz sentido com motor a gasolina?
Kia Sorento plataforma
A nova plataforma do Kia Sorento proporcionou um aumento das cotas de habitabilidade.

O resultado final é uma potência máxima combinada de 230 cv e um binário de 350 Nm. Outra das novidades deste motor é a nova tecnologia de “Alteração Contínua do Tempo de Abertura das Válvulas”, que permitiu diminuir o consumo em até 3%.

Para mais tarde está ainda prevista a chegada de uma versão híbrida plug-in, no entanto acerca desta ainda não são conhecidos quaisquer dados técnicos.

VÊ TAMBÉM: Testámos a Hyundai i30 SW 1.6 CRDi. Lição estudada

Quando chega?

Com chegada aos mercados europeus prevista para o terceiro trimestre de 2020, o Kia Sorento deverá ver a versão híbrida chegar a Portugal no último trimestre do ano.

Quanto à versão híbrida plug-in, essa deverá chegar ainda em 2020, mas de momento não há uma data precisa para a sua chegada.

Como é habitual na Kia, o novo Sorento irá contar com uma garantia de 7 anos ou 150 mil quilómetros. Para já não se sabe quanto irá custar o novo SUV sul-coreano.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Kia Sportage 1.6 CRDi?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o Kia Sportage 1.6 CRDi. A antiguidade ainda é um posto?

Mais artigos em Notícias