Lançamento

Novo Ford Kuga em Portugal, com versões híbridas plug-in e mild-hybrid. Todos os preços

Já disponível em Portugal, o novo Ford Kuga apresenta-se como o mais eletrificado modelo de sempre na marca norte-americana. Todos os preços.

Já está à venda em Portugal a terceira geração do Ford Kuga, o C-SUV da marca norte-americana. O novo Kuga não podia ser mais diferente do que o seu antecessor, com um visual mais elegante, dinâmico — mais crossover que SUV…

Partilha com o Focus a sua plataforma, a C2, é o primeiro SUV da Ford a derivar desta. Apesar do aumento de dimensões relativamente ao antecessor, o recurso à nova plataforma garante uma redução de massa em até 80 kg e a rigidez torcional da mesma eleva-se em 10% relativamente ao antecessor.

Foi há já um ano que o novo Ford Kuga foi revelado e na altura demos-te todos os pormenores sobre ele. Segue a ligação abaixo para saberes tudo sobre o C-SUV da Ford:

TUDO SOBRE O FORD KUGA: Híbridos para todos os gostos. Este é o novo Ford Kuga

Em Portugal

A gama Ford Kuga estrutura-se em três níveis de equipamento: Titanium, ST-Line e ST-Line X. Todas as motorizações estão disponíveis com todos os níveis de equipamento, à excepção da motorização base (1.5 EcoBoost de 120 cv) que apenas se encontra disponível com o nível Titanium.

No que respeita a motorizações, o novo Ford Kuga é o modelo da marca norte-americana mais eletrificado de sempre, ao integrar versões mild-hybrid 48 V (semi-híbridas), híbrida e híbrida plug-in. Para já, nesta fase inicial, estarão disponíveis as versões mild-hybrid e híbrida plug-in, com a versão híbrida a surgir mais tarde, em setembro.

Mild-Hybrid (MHEV)

Começando pela variante mild-hybrid 48 V, esta surge apenas associada à motorização 2.0 EcoBlue, que é como quem diz, um quatro cilindros em linha, Diesel, com 150 cv.

Como já vimos noutros mild-hybrid, o sistema é composto por uma bateria de iões de lítio 48 V e um motor de arranque/gerador elétrico (11,5 kW ou 15,6 cv), comandado por correia, que toma o lugar do alternador e motor de arranque convencionais. A máquina elétrica auxilia o motor de combustão em aceleração, como garante o funcionamento dos auxiliares elétricos. A função Auto Start-Stop vê-se igualmente estendida.

VÊ TAMBÉM: Ford Puma ST-Line 155 cv testado em vídeo. O que vale o novo B-SUV da Ford?

Híbrido plug-in (PHEV)

A variante híbrida plug-in do Ford Kuga, na qual recaem as expetativas de que corresponda a 40% do total das vendas da gama, permite até 56 km de autonomia elétrica (WLTP), ao mesmo tempo que é a mais potente da gama, com 225 cv, e a que emite menores emissões de CO2, apenas 32 g/km (1,4 l/100 km).

A cadeia cinemática resulta da conjugação de um quatro cilindros em linha a gasolina, com 2.5 l, de ciclo Atkinson (mais eficiente), com um motor elétrico síncrono. A caixa de velocidades, se é que lhe podemos chamar de tal coisa, pois, tal como num elétrico, tem apenas uma relação redutora (relação final é de 2,91).  A bateria de iões de lítio, fornecida pela Samsung, tem 14,4 kWh de capacidade.

Para carregar a bateria existe uma ficha integrada no guarda-lamas dianteiro, como é possível também recorrer às desacelerações e travagens (dois níveis de travagem regenerativa) para recuperar energia. O carregador a bordo é de 3,6 kWh, e demora menos de seis horas para carregar a bateria a partir de uma tomada de 230 V.

A NÃO PERDER: TOP 15. São estes os melhores motores alemães de sempre?

100% Combustão

Nem só de motorizações eletrificadas se faz a gama do Ford Kuga, contando ainda com o 1.5 EcoBoost e o 1.5 TDCI EcoBlue, exclusivamente a combustão, no seu portefólio.

O 1.5 EcoBoost é um três cilindros a gasolina com turbocompressor e surge com dois níveis de potência: 120 cv e 150 cv. O 1.5 TDCI EcoBlue é um quatro cilindros a gasóleo, também com turbocompressor e debita 120 cv.

2020 Ford Kuga
Ford Kuga Titanium

Todos os Ford Kuga mencionados são de tração dianteira, e a transmissão é efetuada ou por uma caixa manual de seis velocidades — 1.5 EcoBoost, 1.5 TDCI EcoBlue, 2.0 EcoBlue MHEV —, ou por uma caixa automática de oito velocidades — 1.5 TDCI EcoBlue.

VÊ TAMBÉM: Sistema de manutenção na faixa de rodagem da Ford já não precisa de marcações

Preços

O mais acessível dos Ford Kuga é o 1.5 EcoBoost de 120 cv com o preço a começar nos 31 923 euros, com o mais acessível dos Diesel, o 1.5 TDCI EcoBlue a começar nos 35 506 euros.

FORD KUGA
Motor Equip. Cx. Vel. CO2 (g/km) Preço
Gasolina
1.5 EcoBoost 120 cv Titanium Man. 6 vel. 152 31 923 €
1.5 EcoBoost 150 cv Titanium Man. 6 vel. 151 33 050 €
1.5 EcoBoost 150 cv ST-Line Man. 6 vel. 155 34 703 €
1.5 EcoBoost 150 cv ST-Line X Man. 6 vel. 155 36 659 €
Diesel
1.5 TDCI EcoBlue 120 cv Titanium Man. 6 vel. 134 35 506 €
1.5 TDCI EcoBlue 120 cv ST-Line Man. 6 vel. 136 37 176 €
1.5 TDCI EcoBlue 120 cv ST-Line X Man. 6 vel. 137 39 281 €
1.5 TDCI EcoBlue 120 cv Titanium Auto. 8 vel. 142 38 268 €
1.5 TDCI EcoBlue 120 cv ST-Line Auto. 8 vel. 145 40 219 €
1.5 TDCI EcoBlue 120 cv ST-Line X Auto. 8 vel. 146 42 394 €
Diesel Mild-Hybrid
2.0 EcoBlue MHEV 150 cv Titanium Man. 6 vel. 132 37 325 €
2.0 EcoBlue MHEV 150 cv ST-Line Man. 6 vel. 135 38 980 €
2.0 EcoBlue MHEV 150 cv ST-Line X Man. 6 vel. 135 41 013 €
Híbrido Plug-in
2.5 Duratec PHEV 225 cv Titanium Auto. 32 41 093 €
2.5 Duratec PHEV 225 cv ST-Line Auto. 32 42 719 €
2.5 Duratec PHEV 225 cv ST-Line X Auto. 32 44 752 €
2020 Ford Kuga

A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Opel Tigra?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Opel Tigra, o “coupé do povo”

Mais artigos em Notícias