Coronavírus

PSA. Carlos Tavares manda fechar todas as fábricas (Mangualde já tem data)

O Covid-19 continua a encerrar fábricas por toda a Europa. Agora foi a vez da PSA decretar a paragem das suas unidades de produção. Mangualde já tem data de fecho.

Devido à aceleração, constada nos últimos dias, do número de casos graves de COVID-19 na proximidade de alguns centros de produção e das interrupções nos fornecimentos dos grandes fornecedores, o Presidente do Conselho de Administração do Grupo PSA, Carlos Tavares, juntamente com os membros da Célula de Crise, decidiram dar início ao fecho das instalações de produção de veículos, até ao dia 27 de março, e de acordo com o seguinte planeamento:

  • Hoje, 16 de março: Madrid (Espanha), Mulhouse (França);
  • 17 de março: Poissy, Rennes, Sochaux (França), Saragoça (Espanha), Eisenach, Rüsselsheim (Alemanha), Ellesmere Port (Reino Unido), Gliwice (Polónia);
  • 18 de março: Hordain (França), Vigo (Espanha), Mangualde (Portugal);
  • 19 de março: Luton (Reino Unido), Trnava (Eslováquia).

O encerramento dos centros de produção de órgãos mecânicos será ajustado em conformidade.

As equipas de gestão das fábricas irão implementar, localmente, as modalidades de encerramento das mesmas, e que serão efetuadas em coordenação com os parceiros sociais.
O Grupo lembra que, até essa data, o cumprimento das medidas de proteção, indo além das recomendações das autoridades sanitárias nestes locais de produção, é a melhor proteção
para evitar a propagação do vírus Covid-19.

VÊ TAMBÉM: Coronavírus. Todos os eventos automóveis adiados e cancelados (em atualização)

A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias.

Mais artigos em Notícias