Leilão

O último Chevrolet Corvette com motor dianteiro já foi leiloado. Sabes por quanto?

O último dos Chevrolet Corvette foi leiloado este fim-de-semana. Apesar de ser o último de uma era, não conseguiu tornar-se no mais caro Corvette de sempre.

Como bem sabes, a próxima geração do Chevrolet Corvette, a C8, vai marcar o fim de uma era no desportivo norte-americano. Para trás vão ficar mais de 60 anos durante os quais o Corvette se manteve fiel à configuração de motor dianteiro e tração traseira, com o desportivo a adotar a “configuração tipo” dos superdesportivos: motor central e tração traseira.

Face a esta iminente mudança, não é de estranhar que o leilão do último exemplar do Corvette da atual geração, a C7, tenha gerado bastante interesse. Agora, depois de há uns meses te termos anunciado que este Corvette C7 Z06 ia ser leiloado pela empresa Barret-Jackson, chega a altura de te dizer quanto é que custou esta unidade.

Vendido por 2,7 milhões de dólares (cerca de 2,4 milhões de euros), o valor da venda deste exemplar teve como destino uma instituição de caridade. Apesar do valor elevado, este não é o Corvette mais caro de sempre, havendo alguns exemplares clássicos do desportivo americano que já foram vendidos por mais de 3 milhões de dólares.

VÊ TAMBÉM: Sabes quantas peças Lego são precisas para fazer uma Chevrolet Silverado?
Chevrolet Corvette C7 Z06
O Corvette C7 Z06 leiloado contava com o pack de equipamento 3LZ que oferece várias aplicações em pele e “luxos” como o sistema de navegação, Android Auto ou o Apple CarPlay.

O que aí vem?

Agora que a última unidade da geração C7 já foi vendida, os holofotes focam-se cada vez mais no Corvette C8. Com apresentação marcada para 18 de julho, para já ainda não se sabe muita coisa acerca da geração C8.

Chevrolet Corvette
Para já ainda só pudemos ver o Corvette C8 debaixo de muita camuflagem.

No entanto, a Chevrolet já deixou saber que apesar de o motor ter mudado de sítio, o modelo manter-se-á fiel ao V8. Já de acordo com alguns rumores, a versão de acesso deverá contar com uma evolução do atual LT1, o small block de 6.2 l naturalmente aspirado usado pela geração C7, mas com a potência a subir para um valor a rondar os 500 cv (+ 40 cv).

Sabes responder a esta?
Em que ano é que o Toyota MR2 deixou de ser produzido?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O regresso do Toyota MR2 será como um… elétrico?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos