Teste do Alce

Mazda CX-3 e SEAT Arona no teste do alce revelam reações preocupantes

O Mazda CX-3 e o SEAT Arona foram postos à prova no teste do alce e os resultados não impressionaram. Mas o que se passou?

Há umas semanas trouxemos-te os resultados alcançados pelo Ford Focus no teste do alce que se revelaram excelentes. Pois bem, esta semana os protagonistas do teste do alce são dois pequenos SUV ou crossover, os Mazda CX-3 e o SEAT Arona e acredita, os resultados foram bem diferentes dos do Focus.

Comecemos pelo Mazda CX-3. Apesar de elogiado pelo seu comportamento dinâmico, o modelo nipónico conseguiu ultrapassar o teste do alce com uma velocidade de 75 km/h — um valor respeitável —, mas as reações do CX-3 foram preocupantes, com um comportamento marcado por movimentos bruscos, pouco previsíveis e difíceis de controlar.

Nas restantes, é notória a dificuldade da suspensão em controlar os movimentos da carroçaria na manobra de evasão, com o CX-3 a saltar bastante e até a perder o contacto com o asfalto. Para além disso, também os pneus se revelaram incapazes de lidar com a carga a que foram sujeitos, com as paredes laterais a dobrarem bastante.

VÊ TAMBÉM: O Mazda RX-7 faz 40 anos e ainda ansiamos pelo seu regresso

SEAT Arona não fez melhor

Se o Mazda CX-3 não se saiu muito bem no teste do alce, o SEAT Arona não lhe ficou atrás. Posto à prova tanto na versão a gasolina e Diesel e com suspensão fixa ou adaptativa, o comportamento do pequeno SUV espanhol revelou-se sempre subvirador na fase inicial da manobra, mas com mudança brusca para a sobreviragem, o que tornou o controlo do veículo bastante delicado.

O Arona apresenta ainda em comum com o CX-3 uma tendência para ver a suspensão saltar de forma algo brusca enquanto as ajudas eletrónicas pecaram por atuarem sempre tarde e de forma pouco eficaz. Já com o modo Sport da suspensão selecionado (apenas o Arona Diesel possuía suspensão adaptativa) não foram registadas melhorias nas reações.

Com ambas as unidades com jantes de 18″ — a maior dimensão disponível no Arona —, na melhor tentativa, o Arona equipado com o motor 1.0 TSI de 115 cv não foi além dos 74 km/h. Já o SEAT Arona com o motor 1.6 TDI, também de 115 cv, conseguiu cumprir a prova a 75 km/h.

Seja qual for o motor que equipa o Arona, de acordo com o Km77 o modelo espanhol, de forma estranha, perde muito pouca velocidade durante a manobra — apesar de equipado com controlo de estabilidade, que atua sobre os travões —, algo que é bem evidente durante o vídeo.

Fonte: Km77

Sabes responder a esta?
Qual é, até hoje, o carro mais rápido no teste do alce?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O carro mais eficaz no «teste do alce» é um…

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos