Emissões

Áustria. Elétricos poderão circular mais rápido em autoestrada do que todos os outros

A notícia causou alguma polémica, onde os elétricos poderão circular mais rápido em autoestrada do que os outros carros na Áustria, mas existe uma razão válida.

Os automóveis 100% elétricos poderão circular mais rápido em autoestrada que outros tipos de automóveis (gasolina, gasóleo) a partir de 2019 na Áustria, mas há que contextualizar a medida. A Áustria, como tantos outros países, também luta para reduzir as emissões de CO2 e a poluição atmosférica.

Uma das medidas encontradas foi a de impôr, de forma permanente ou temporária, um limite de 100 km/h nas autoestradas onde se verificam os índices de poluição mais elevados — ou seja, onde as concentrações de NOx (óxidos de azoto), partículas e dióxido de enxofre são elevadas, resultante da combustão de gasolina e gasóleo.

É uma medida já em vigor há vários anos, e afeta todos os automóveis em circulação. Compreende-se a medida… Em autoestrada, onde as velocidades praticadas são elevadas, e o fator resistência aerodinâmica torna-se fulcral, a diferença de 30 km/h entre os dois valores afetam substancialmente os consumos e, claro, as emissões.

VÊ TAMBÉM: Volkswagen pagou um anúncio com um Chevrolet Bolt. Porquê?

Alterações beneficiam elétricos

A partir de 2019 haverá alterações a esta medida, que afetará à volta de 440 km de vias. O governo austríaco, através da ministra do Turismo e Sustentabilidade, Elisabeth Köstinger, decidiram retirar os veículos 100% elétricos da abrangência dessa medida. Porquê?

Os veículos elétricos não emitem qualquer tipo de gás quando em circulação. Logo, não faz sentido limitar-lhes a velocidade com o objetivo de reduzir as emissões. Será um caso de discriminação positiva? A própria ministra espera que com esta medida sirva de incentivo à aquisição de mais carros elétricos:

Queremos convencer as pessoas que compensa de muitas formas a mudança para um veículo elétrico.

RELACIONADO: A China é o paraíso dos carros elétricos. Porquê?

A Áustria comprometeu-se em reduzir as suas emissões ao abrigo do Acordo de Paris. Até 2030 o objetivo é de reduzir as emissões de CO2 em 36% relativamente a 2005. A eletrificação do parque automóvel é um passo essencial nesse sentido, onde 80% da energia produzida provém de hidroelétricas.

Sabes responder a esta?
Qual a autonomia do Hyundai Kauai Electric?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Já foram vendidos mais de 100 Hyundai Kauai Electric em Portugal

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos