Produção

Tesla Model 3 pode vir a ser mais rentável do que Musk previu

Depois de Elon Musk ter adiado a produção da versão base do Model 3, com base nos custos de produção, uma empresa alemã veio agora, como que a contradizer tal ideia, revelar que o custo de produção do Model 3 é bastante inferior ao preço anunciado para a versão base.

Atualmente a produzir apenas a versão mais potente e luxuosa do Tesla Model 3, a Tesla tem vindo a adiar sucessivamente o arranque da montagem da versão base, que terá um preço de 35 mil dólares, ou 30 mil euros.

Segundo o dono da marca, o multimilionário Elon Musk, as curtas margens de lucro que a versão, à partida, oferecerá, poderão colocar em causa a viabilidade financeira do construtor e levá-lo à bancarrota.

O alerta quanto à viabilidade económica do Model 3 base foi feita pelo próprio Musk, que, através da rede social Twitter e respondendo a uma pergunta de um utilizador, de nome Ivaylo Ivanov, defendeu que, “são precisos entre três e seis meses, com uma produção de cinco mil carros por semana, para a que Tesla possa então considerar o lançamento da versão de 35 mil dólares”.

Tesla Model 3

A visão alemã

Contudo, uma empresa alemã, que entretanto conseguiu comprar um Tesla Model 3 no mercado de usados, veio agora dizer que, afinal, poderá não ser bem assim.

Segundo noticia a revista WirtschaftsWoche, que falou com a empresa alemã em questão, a qual desmontou todo o carro para assim poder fazer uma avaliação dos custos, o novo modelo de acesso da marca de Palo Alto não custará mais do que 28 mil dólares a produzir (aproximadamente 24 mil euros) — 18 mil dólares de materiais e logística, mais 10 mil dólares de mão de obra.

Perante estes números e de acordo com um engenheiro desta mesma firma, o Model 3 pode mesmo vir a dar “um forte contributo aos lucros” da empresa norte-americana, mas “caso a Tesla consiga, efetivamente, vir a produzir as ambicionadas 10 mil unidades por semana”.

A mesma empresa afirma igualmente que a quantidade de cobalto necessária para as baterias do modelo é significativamente menor que o utilizado pelos concorrentes diretos do Model 3, estimando-a em apenas 2,8%, tal como o próprio Musk já havia defendido, numa carta aos investidores.

Elon Musk concorda

Confrontado, também no Twitter, com esta conclusão da parte da empresa alemã e, nomeadamente, quanto à possibilidade de cada unidade do Tesla Model 3 poder vir apresentar um custo de produção a rondar os 28 mil euros, após atingir uma produção de 10 mil unidades por semana — objetivo só previsto para 2019 —, Elon Musk não deixou dúvidas quanto à concordância com os números apresentados: “Totalmente de acordo!”, escreveu.

RELACIONADO: Autonomia. Skoda Octavia “humilha” Tesla Model 3!

Ainda assim, a conclusão agora apresentada não deixa de colocar em causa as ideias defendidas até aqui pelo multimilionário, o qual afirmava que a Tesla tinha de conseguir garantir margens de lucro de 25%. Algo que, no entanto e segundo o mesmo, só seria possível vendendo as versões equipadas com pack de baterias maior (Long Range), e também as mais potentes (Performance), e com o nível mais elevado da tecnologia de condução autónoma (AutoPilot).

Sabes responder a esta?
Quantos motores elétricos terá o coupé Maserati Alfieri?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Anti-Porsche e anti-Tesla. Esta é a nova Maserati

Mais artigos em Notícias