Elétricos

Tesla Model 3. Problemas continuam e mais versões são adiadas

Prevista para meados de 2018, a versão de maior autonomia com tração integral do Tesla Model 3, uma das mais esperadas, acaba de ver a sua introdução no mercado adiada.

A notícia é avançada pelo site InsideEVs, recordando que a versão de tração integral do Tesla Model 3, para a qual o fabricante anuncia uma autonomia de 500 km, é uma das mais desejadas e aguardadas pelos clientes que já trataram de reservar uma unidade. A sua introdução está agora prevista para o final do presente ano.

Segundo a mesma publicação, não terá sido apenas esta versão do Tesla Model 3 a sofrer mais um atraso no arranque da produção.

Fontes não identificadas ouvidas pela InsideEVs, indicam que a versão AWD com menor autonomia, ainda assim capaz de 340 km, também viu a sua introdução adiada.

Tesla Model 3
RELACIONADO: Tesla Model 3 atrasado devido a problemas na Alemanha

Rentabilidade, precisa-se!

Como razão para estes novos atrasos, as mesmas fontes apontam o desejo da Tesla de concentrar todos os seus esforços de produção da única versão atualmente disponível: a de maior autonomia, ainda que sem tração integral, e também a mais equipada. Porquê? Simplesmente porque é aquela que garante as maiores margens de retorno.

Enquanto a produção não atingir um certo nível, a aposta será apenas e só nesta versão, alimentando os rumores de que não só as versões AWD, como a versão mais acessível, a tal que custaria ao consumidor norte-americano 35 mil dólares, também possa sofrer atrasos na sua introdução.

“Inferno na produção” continua

Verdade seja dita, os problemas relativos à produção do Tesla Model 3 mantém-se, sem ainda conseguir entrar no eixos. Após uma paragem da linha de produção durante uma semana em fevereiro, justificada pela atualização de partes da linha de montagem, relatos mais recentes, e mais graves, provenientes dos próprios funcionários, indicam a montagem de peças defeituosas nos automóveis.

A Tesla já veio a público desmentir esses relatos como não verdadeiros.

O que é certo é que os Tesla Model 3 que saem da linha de produção apresentam níveis díspares de qualidade, com algumas unidades sem defeitos de maior, enquanto outras revelam falhas de montagem, verificável no alinhamento dos painéis da carroçaria, ou nos inúmeros ruídos parasitas.

Sabes responder a esta?
Qual é a aceleração dos 0 aos 100 km/h anunciada para o primeiro Bentley Continental GT W12?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Esqueçam o Bentayga. Este é o Bentley Continental GT “offroad”

Mais artigos em Notícias