Salão de Nova Iorque 2018

Este é o interior do novo Toyota Auris

O novo Toyota Auris acabou por se tornar num dos destaques do Salão de Genebra. No entanto, foi preciso esperar pela sua apresentação no outro lado do Atlântico para conhecermos o interior.

Se no Salão de Genebra ficámos a conhecer o exterior bem mais dinâmico da terceira geração do Toyota Auris, inexplicavelmente o seu interior permaneceu longe da vista. Foi preciso esperar mais um mês pelo Salão de Nova Iorque, no outro lado do oceano, para sabermos como é por dentro o novo Auris.

Nos EUA, o Auris assume o (lendário) nome Corolla, complementando a berlina de três volumes — essa sim, a carroçaria mais vendida por lá. Relativamente ao modelo visto em Genebra não se notam diferenças externas, exceptuando a cor. Mas desta vez deu para ver, finalmente, o interior.

Mais espaço para passageiros e arrumos

A adoção da plataforma TNGA — a mesma que o Prius e C-HR usam —, associada a um ligeiro aumento das dimensões exteriores permitiu ganhos nas cotas internas, destacando-se igualmente mais e maiores espaços de arrumação. A marca nipónica anuncia também um H-Point (ponto de localização da anca) do condutor mais baixo que o predecessor, complementado por um banco que, diz a marca, melhora a postura do condutor.

Faz swipe para ver a galeria.

Comparando com a anterior geração, destaca-se no novo interior o reposicionamento do ecrã tátil que compõe o sistema de infoentretenimento para uma posição mais elevada, e o seu maior tamanho, agora com 8″ — especificação do modelo norte-americano (há que esperar pela confirmação das especificações europeias), compatível com Apple CarPlay.

A Toyota promete também um interior mais refinado e silencioso, com melhores índices de isolamento acústico.

VÊ TAMBÉM: Toyota Avensis com morte anunciada devido à fraca procura
Toyota Auris Genebra 2018

Adeus Diesel

A nova geração do Toyota Auris não terá motorizações Diesel, mas terá, por outro lado, duas motorizações híbridas. A primeira transita da atual geração, composta por um motor 1.8 a gasolina de ciclo Atkinson acoplada a um motor elétrico, enquanto a segunda unidade é uma estreia. Trata-se de um 2.0 litros de quatro cilindros mais eficiente e mais potente, que debita uma potência combinada de 169 cv e 205 Nm de binário, acoplado a uma também nova caixa de variação contínua (CVT).

Recorda neste vídeo da Razão Automóvel, realizado durante o Salão de Genebra, os pontos chave da terceira geração do Toyota Auris.

 

Sabes responder a esta?
Além do Auris/Corolla, qual foi a outra novidade a nível de modelos de produção que a Toyota levou até Nova Iorque?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Toyota RAV4. Nova geração traz SUV totalmente novo

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos