Motores

Toyota apresenta novo motor 2.0 litros a gasolina. O mais eficiente do mundo?

A Toyota acaba de apresentar várias novidades, para além de um novo motor 2.0 litros, existe uma nova caixa automática CVT, uma nova caixa manual e ainda sistemas de tração integral mais evoluídos.

A marca dá a conhecer os seus mais recentes desenvolvimentos, tendo como destino a plataforma TNGA, a mesma que equipa o Toyota Prius e acabará por equipar mais modelos da marca, como o novo Toyota Auris.

Entre várias novidades, destaca-se o novo motor de quatro cilindros e 2.0 litros Dynamic Force, anunciado como o motor a gasolina termicamente mais eficiente do mundo, atingindo 40% de eficiência.

Associada à eficiência está naturalmente a economia. O novo motor Toyota anuncia consumos muito reduzidos devido à tecnologia de redução da fricção entre componentes, bem como um sistema de escape e arrefecimento mais eficiente.

O novo motor será estreado já na próxima geração do Toyota Auris, que será apresentada no Salão de Genebra, já em março.

O motor anuncia uma potência máxima de 169 cv e poderá estar associado a um motor elétrico para as versões híbridas do construtor. Neste caso, anuncia uma eficiência térmica de 41% — a mesma do Toyota Prius —, com mais potência, conseguida com a maior cilindrada.

Para acoplar a este novo motor, a Toyota desenvolveu igualmente uma nova caixa de velocidades CVT mais eficiente. É a primeira caixa de velocidades CVT com uma primeira velocidade mecânica, usada apenas para o arranque, e permitindo assim uma melhor aceleração.

Desta forma a marca consegue também reduzir o tamanho da correia e da polie, o que faz com que as mudanças de relação sejam até 20% mais rápidas.

Para além desta, a Toyota desenvolveu também uma nova caixa manual de seis velocidades, particularmente para a Europa. Mais leve em sete quilos e mais curta 24 mm, esta é também agora a caixa de velocidades manual mais pequena do mundo, contribuindo para uma melhor eficiência de combustível.

Através do novo sistema iMT — Intelligent Manual Transmission — é possível automaticamente ajustar a rotação do motor nas mudanças de relação, garantindo passagens mais suaves.

RELACIONADO: Toyota. Vendas ultrapassam um milhão na Europa com híbridos em destaque.

Novos sistemas de tração integral

A marca desenvolveu ainda dois novos sistemas de tração integral com o objetivo de aumentar a poupança de combustível, sem deixar de parte a estabilidade e a performance em fora de estrada.

O primeiro sistema AWD — Dynamic Torque Vectoring AWD — será usado nos veículos a gasolina, e através de um sistema de vetorização do binário, é possível distribuir o mesmo, de forma independente, para cada uma das rodas traseiras, de acordo com as necessidades.

O segundo sistema — denominado de E-Four — será usado nos veículos híbridos. O novo sistema aumenta o binário para as rodas traseiras — atuadas pelo motor elétrico — em 30% face ao anterior sistema.

Qualquer um deles possui o sistema AWD Integrated Management (AIM), que otimiza os motores, a transmissão, os travões, e os sistemas de tração integral, de forma a oferecer um melhor desempenho e estabilidade, independentemente das condições da estrada.

Sabes responder a esta?
Quantos anos celebra a Toyota em Portugal?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Como é que a Toyota chegou a Portugal?
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Como é que a Toyota chegou a Portugal?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos