Carro do ano

Saab 9000 Turbo 16. Vencedor do Carro do Ano 1986 em Portugal

Foi o primeiro modelo da Saab neste segmento. Lançado em 1985, o Saab 9000 Turbo 16 venceu o troféu carro do ano de 1986, sucedendo assim ao Nissan Micra.

Eram bons tempos para a Saab. Que entre 1984 e 1998, produziu o Saab 9000, com versões históricas como o 99 Turbo. Mais um modelo da época a ser desenhado pelo famoso designer de automóveis Giugiaro. Porquê um designer italiano num carro sueco? A plataforma do Saab 9000, a plataforma Tipo4,  era partilhada pelo grupo Fiat, nos modelos Fiat Croma, Lancia Thema e Alfa Romeo 164.

ESPECIAL CARRO DO ANO: Conhece todos os vencedores do Carro do Ano em Portugal desde 1985

Qualidades que somadas valeram ao modelo da Saab a preferência dos jurados do Carro do Ano/Volante de Cristal na edição de 1986, sucedendo ao Nissan Micra (vencedor em 1985).

Desde 2016 que a Razão Automóvel integra o painel de jurados do Carro do Ano

Com uma grande distância entre eixos (2672 mm), o Saab 9000 Turbo 16 oferecia muito espaço interior, mas o sucesso do modelo estava principalmente no seu motor, para além do coeficiente aerodinâmico Cx 0,34 — um valor notável para a época.

saab 9000 turbo 16
Saab 9000 Turbo 16.

O Saab 9000 Turbo 16 montava um bloco de 4 cilindros em linha e 16 válvulas Turbo, capaz de debitar uns impressionantes 175 cv. Com duas opções de caixas de velocidades, manual de cinco e automática de quatro, o Saab 9000 teve também uma versão aspirada com 130 cv.

O Saab 9000 Turbo 16 tinha performances que faziam dele um executivo rápido. O motor 2.0 litros tinha 273 Nm de binário, muito bom para a altura, catapultava o carro sueco para os 220 Km/h de velocidade máxima e atingia os 100 km/h em apenas 8,3 segundos.

Naturalmente que devido ao seu elevado peso, e ao seu potente motor a gasolina, os consumos anunciados eram de 8,5 l/100 km, ou 12,1 l/100 km em cidade.

RELACIONADO: Saab é finalmente «morta e enterrada»

Conhecida e reconhecida pela sua forma diferente de olhar o automóvel, muitas vezes com inspiração vinda da aviação, a Saab foi coleccionando ao longo dos anos uma fiel legião de seguidores.

Em 1989, a marca sueca foi adquirida pela General Motors, mas face ao cenário de crise económica global já em pleno século XXI, a Saab acabou por esmorecer, mesmo tendo havido vários esforços de recuperação nos últimos anos de vida da marca.

Em 1998, era este o «estado de arte» do Saab 9000:

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos