Venda milionária

O Mercedes-AMG Project One português de três milhões de euros

Reuniões secretas, histórico de fidelidade à marca e garantia de longevidade, para além dos três milhões de euros disponíveis — a história sobre o único Mercedes-AMG Project One destinado a Portugal.

É verdade, existe um felizardo português que irá ter na sua garagem, em Portugal, um Mercedes-AMG Project One. No entanto, o processo de aquisição esteve longe de se limitar à disponibilidade financeira de três milhões de euros.

Ainda antes da primeira “reunião”, houve uma pré seleção de candidatos feita pela Mercedes-Benz Portugal, à qual se juntou a lista de requisitos da própria Mercedes-AMG, que destinou apenas uma unidade do supercarro Project One para Portugal.

Se para ter os mais “comuns” Mercedes-AMG basta abrir os cordões à bolsa, para conseguir aceder ao mais exclusivo e limitado dos AMG, é necessário ter um perfil, também ele muito especial, capaz de obedecer a critérios de seleção rigorosos.

Mercedes-AMG Project One
VÊ AQUI: Project One: o futuro da AMG começa com um Fórmula 1 de estrada

Requisitos

Pois bem, não chegavam os três milhões de euros. Para além deles era preciso garantir que a compra não era apenas motivada pela potencial, e inegável, valorização a curto prazo.

Era necessário alguém com uma relação sólida com a marca, e com um património automóvel considerável, independentemente do emblema, de forma a garantir o verdadeiro interesse do modelo para coleção.

A discrição foi mais um dos requisitos, preservados ainda hoje pelo empresário nortenho, que mantém o anonimato. A ela juntou-se a paixão, confirmada então pela sua atual coleção automóvel. E convenhamos que só mesmo a paixão poderá levar alguém a pagar a astronómica quantia e ficar mais de um ano à espera da sua aquisição.

Para além disso, o potencial de aquisição de futuras viaturas Mercedes-AMG e a longevidade do cliente também foram tidos em conta. Mas o que levará alguém a comprar outro Mercedes-AMG, depois de ter um Project One? Já sei… preciso de um carro mais prático para ir às compras…

amg project-one

A primeira reunião

Em março de 2017, acontecia a primeira reunião promovida pela Mercedes-AMG, nos arredores de Genebra, Suíça. À entrada, o português pré-selecionado, o vendedor da Sociedade Comercial C.Santos, e todos os restantes, tiveram que deixar o relógio e o telemóvel. O encontro servia para partilhar os primeiros pormenores do hiperdesportivo da Mercedes-AMG, um modelo com muita tecnologia de Fórmula 1 e ao alcance de muito poucos, limitado a 275 unidades apenas. Foi desta forma que a marca garantiu o mínimo risco de espionagem.

Entre a intenção de compra do modelo lançado para comemorar os 50 anos da AMG, e a fase em que se tornou o único selecionado português para adquirir o veículo, antes mesmo deste nascer, viveu-se um jogo de paciência que durou praticamente meio ano.

Foi nesta cerimónia que os potenciais clientes de diversas nacionalidades ficaram a conhecer, pela primeira vez, a maior parte dos pormenores técnicos do então ainda protótipo, bem como as suas formas finais, à exceção do cockpit, que ainda estava em fase de conceção, e quanto teriam, afinal, que desembolsar para o adquirir, caso fossem mesmo selecionados.

A assinatura

Só em agosto de 2017, o cliente português teve a certeza que seria o único proprietário do Mercedes-AMG Project One em território nacional, cinco meses depois de ter sido convidado pela AMG Portugal para se deslocar a Genebra.

Com o processo de seleção concluído, o cliente recebeu finalmente a notícia por que tanto esperava, assinando um compromisso de compra e venda do automóvel, longe ainda do contrato final de aquisição, onde transacionava o sinal de garantia.

Não se sabe qual o valor do “sinal de garantia”, mas é possível imaginar…

Negócio garantido, o Mercedes-AMG Project One irá mesmo rodar em asfalto nacional lá para 2019, ou 2020…

A última cerimónia

O passo seguinte foi dado um mês depois, em setembro, por ocasião do Salão Internacional de Frankfurt, onde o Mercedes-AMG Project One foi, oficialmente, apresentado, cerimónia para a qual todos os clientes que adquiriram uma unidade do mais rápido Mercedes de sempre foram convidados.

Foi nesta altura que, num evento privado e com a presença dos mais altos cargos da Mercedes-AMG, os futuros proprietários puderam conhecer mais alguns pormenores e curiosidades do projeto, bem como ter conhecimento do acesso digital exclusivo, a informações privilegiadas sobre o decurso da produção e desenvolvimento da unidade específica numerada que tinham adquirido.

Dr. Dieter Zetsche, Lewis Hamilton e Mercedes-AMG Project ONE

Para além dos 1000 cv

Aquisições como esta não se resumem, simplesmente, à compra do automóvel. Para além das reuniões e eventos exclusivos e secretos, cada proprietário é tratado, naturalmente, de forma especial.

Uma icónica e exclusiva peça de cristal numerada, cuja forma esconde o desenho do Project One, foi também entregue a cada um dos selecionados, e ainda uma caixa, com “espuma”, onde foi pedido para que cada proprietário decalcasse a sua mão, num gesto cuja finalidade é para já desconhecida, mas que, certamente dará lugar a algo verdadeiramente único e pessoal.

Personalização especial

Ainda não foram revelados todos os pormenores sobre o hiperdesportivo da Mercedes-AMG mais desejado de sempre, mas sabe-se que as opções de personalização resumem-se à cor, disponível entre um reduzido número de opções.

Como hiperdesportivo que é, e que deve assentar na perfeição ao seu proprietário, é certo, no entanto, que cada um terá que se deslocar à fábrica, para moldar a bacquet à sua medida, tal como acontece num monolugar de Fórmula 1 — aliás, é na fábrica dos modelos de Fórmula 1 da marca, que o Projecto One será construído.

Mercedes-AMG Project One

Exclusividade

Só podia ser assim, num automóvel de exceção, que terá todos os exemplares identificados com a inscrição de “1/275”, na forma que a Mercedes-AMG encontrou para manter a igualdade entre todos os clientes que adquiriram este automóvel de sonho e evitar especulações de preços, um dia mais tarde, quando o Project One puder ser vendido.

Resta agora esperar por 2019 ou 2020, altura em que a Mercedes-AMG entregará o único Project One “português”, no local escolhido pelo seu proprietário.

Sabes responder a esta?
Qual a potência do novo motor do A200 para a nova geração do Mercedes-Benz Classe A?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Este é o novo Mercedes-Benz Classe A. Tudo o que precisas de saber

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos