Mercado

Armando Carneiro Gomes assume liderança da Opel Portugal

Armando Carneiro Gomes sucede a João Falcão Neves, responsável pela operação portuguesa da Opel nos últimos cinco anos.

Armando Carneiro Gomes foi nomeado ‘Country Manager’ da Opel Portugal. Detentor de uma longa carreira com desempenho de funções de direção em várias áreas da empresa, incluindo no estrangeiro, Carneiro Gomes assume a responsabilidade da operação portuguesa da Opel no dia 1 de fevereiro.

Quem é Armando Carneiro Gomes?
Membro dos quadros da GM Portugal desde 1991, Armando Carneiro Gomes é licenciado em Engenharia Mecânica pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa e possui uma Pós Graduação em Executive Management pela Universidade Católica. O seu percurso profissional inclui funções de liderança nas áreas de Materiais, Engenharia Industrial, Engenharia de Processo e Produção. Em 2001 é nomeado Diretor de Recursos Humanos da GM Portugal. Entre 2008 e 2010 foi Diretor de Recursos Humanos Ibérico das divisões comerciais da GM (Opel e Chevrolet). Em fevereiro de 2010 assumiu o cargo de Diretor Comercial da Opel Portugal, que desempenhou até à data. Carneiro Gomes é casado e tem cinco filhos.

A Opel adotará um quadro de organização semelhante ao que tem sido utilizado com sucesso pelo Groupe PSA desde há vários anos. Nesse sentido, ambas as operações comerciais em Portugal e em Espanha estreitarão laços com o propósito de identificar processos comuns que possam ser otimizados e harmonizados, especialmente em áreas de atividade de ‘back office’. As organizações da Opel em cada país manter-se-ão independentes e as estruturas operacionais serão incluídas num ‘cluster’ ibérico.

Senão vejamos algumas das notícias que marcaram os últimos meses:

«Num contexto alargado, queremos encontrar os melhores meios para ir ao encontro do que os nossos clientes, atuais e futuros, esperam de nós. Queremos tornar-nos mais ágeis e mais competitivos. Vamos trabalhar em conjunto com os nossos concessionários para criar formas inovadoras de alcançar esses objetivos», afirma Armando Carneiro Gomes.

«Vamos ser capazes de garantir serviços diferenciadores. Esse será um dos nossos grandes propósitos», remata o novo responsável máximo pela Opel Portugal. Uma marca que tem conhecido nos últimos meses profundas alterações em toda a sua estrutura.

João Falcão Neves, responsável pela operação portuguesa da Opel nos últimos cinco anos, decidiu deixar a empresa.

A NÃO PERDER: Lotus Omega (1990). A berlina que comia BMW’s ao pequeno-almoço

Sabes responder a esta?
Qual foi o modelo da Opel que recorreu a engenharia da Porsche?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Este é o Porsche mais barato que podes comprar. Ok… mais ou menos.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos