Tuning

400 cv? É pouco. ABT revela Audi RS3 com 500 cv.

Achas que os 400 cv do Audi RS3 não são suficientes? A ABT vem em teu auxílio — nada mais, nada menos, que 500 cv sob o pé direito!

A Audi anunciou-o (com a Limousine em 2016 e com o Sportback em 2017) com pompa e circunstância: o novo RS3, atualmente já disponível em Portugal, chegaria com a maior potência alguma vez oferecida neste modelo e como o mais potente do segmento — 400 cv. Sol de pouca dura! É que o preparador alemão ABT acaba de dar a conhecer uma versão transformada com, nada mais, nada menos, que 500 cv!

Mantendo o mesmo cinco cilindros 2,5 litros turbo que equipa a versão saída de fábrica, o RS3 preparado pela ABT Sportsline acresce, no entanto, um kit de potência ABT Power R, capaz de extrair mais 100 cv que no modelo de série. Com o preparador a não revelar, contudo, se também existem melhorias em termos de binário e se o “seu” RS3 consegue, efetivamente, oferecer mais que os 480 Nm anunciados pelo modelo original.

Audi RS3 Sportback ABT

E porque, com mais poder, vem também mais responsabilidade, o RS3 ABT equipa igualmente um novo sistema de travagem, com discos de 380 mm, escondidos atrás das jantes de 19 e 20 polegadas made by ABT.

RELACIONADO: Audi S3 Cabriolet com 400 cv e 500 Nm. A ABT voltou a fazer das suas…

Além destas melhorias, previstas estão igualmente alterações nas molas da suspensão, assim como nas barras estabilizadoras, sendo que a empresa trabalha também na suspensão regulável, de forma a conseguir uma maior eficácia.

Alterado foi também o sistema de escape, trocado por uma solução feita à medida, com quatro saídas de escape de 102 mm cada, em preto mate, de forma a tornar a sonoridade deste RS3 ainda mais especial.

Audi RS3 Sportback ABT

Por divulgar fica, contudo, quais os ganhos reais, em termos de prestações, desta versão ABT, face ao modelo regular. O qual, recorde-se, já se destaca por ser um verdadeiro “foguete sobre rodas” — impressão confirmada pelos 4,1 segundos anunciados para a aceleração dos 0 aos 100 km/h, assim como através de uma velocidade máxima anunciada de 250 km/h, ou opcionalmente, 280 km/h, graças ao subir do limite eletrónico de velocidade máxima.

Finalmente e porque o aspeto também conta, a ABT tem igualmente previsto um kit exterior especialmente agressivo, fruto de um spoiler dianteiro específico, nova grelha com logo RS3, além de saias laterais e traseira. Com os mais “picuinhas” a poderem ainda personalizar o interior do carro, com uma série de componentes em fibra de carbono, tapetes personalizados e outros acessórios.

Sabes responder a esta?
Qual destas marcas não teve um Diesel híbrido?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Porque é que não há mais híbridos Diesel?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos