Eléctricos são a solução apontada

Invenção inglesa. E que tal um Tesla Model S… carrinha?

Não existe, nem sequer faz parte dos planos da Tesla, mas vai acontecer. Isto porque uma empresa inglesa decidiu mesmo fazer um Model S... carrinha!

Uma empresa britânica especialista no fabrico e transformação de carroçarias decidiu fazer aquilo que nem mesmo a Tesla se lembrou de fazer: um Model S carrinha. E esta, hein?…

A transformação da berlina eléctrica americana aconteceu, segundo avança a Autocar, na sequência de um pedido expresso de um cliente. O qual — imagine-se! — precisava de mais espaço para transportar os seus cães. Sendo que o carroçador, a Qwest, tem vindo a trabalhar neste desafio, há mais de um ano.

Tesla Model S Estate

Tesla Model S com traseira em fibra de carbono

Segundo revela ainda a Qwest, que já trabalha no projecto há mais de um ano, toda a zona traseira do Model S foi refeita em fibra de carbono, por uma outra empresa especialista neste tipo de trabalhos. E que, inclusivamente, costuma produzir componentes para os monolugares de Fórmula 1.

Relacionado: Porsche Mission E em testes com Tesla Model S

Uma vez pronto, o novo componente da carroçaria foi então unido ao chassis em alumínio do Model S.

Model S Estate

A empresa britânica que levou a cabo o desafio de transformar a berlina norte-americana prevê que possa entregar a primeira e única carrinha Model S existente no mundo, a tempo da próxima quadra natalícia. Neste momento, aguarda apenas o fornecimento das respectivas superfícies em vidro, provenientes do conhecido fornecedor Pilkington. Já a carroçaria, deverá passar à fase de pintura, ainda esta semana.

Rival do Panamera Sport Turismo S E-Hybrid?

Ao mesmo tempo e embora não avançando quaisquer dados sobre aerodinâmica ou prestações, a Qwest assume desde já o objectivo de fazer desta Model S Estate, a carrinha mais rápida do mundo na aceleração. Algo que, recorde-se, só será uma realidade, caso o modelo seja capaz de ir dos 0 aos 100 km/h em menos de 3,4 segundos – marca fixada pelo recentemente apresentado Porsche Panamera Sport Turismo Turbo S E-Hybrid.

Model S Estate

Igualmente importante, é o preço que o dono deste Model S irá pagar por esta transformação. É que, segundo a empresa responsável por levar a cabo o projeto, este rondará as 70 mil libras, perto de 78 mil euros. Isto, claro está, excluindo o valor pago pelo carro.

Que é caro, ninguém contesta. Mas uma vez terminado, não haverá outro igual…

Sabes responder a esta?
Qual a potência que o BMW i8 renovado promete anunciar?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

É assim que a marca de Munique «tortura» o BMW i8 Roadster

Mais artigos em Notícias