Elétricos

Tesla Model S e Model X estão cada vez mais rápidos

A julgar pelos novos tempos de aceleração do Model S e Model X, a Tesla operou um conjunto de melhorias nos seus propulsores elétricos.

Enquanto que as atenções se concentram no novo Model 3 – as primeiras unidades vão ser entregues já a partir desta semana – a Tesla aproveitou para atualizar os restantes modelos da sua gama – a berlina Model S e o SUV Model X.

Tendo em conta que a versão base do Model 3 deverá demorar menos de 6 segundos na aceleração das 0-60 milhas por hora (0-96 km/h), os upgrades no software e hardware de ambos os modelos servirão para aumentar o fosse entre o modelo de entrada da Tesla e os restantes.

Segundo a Electrek, este upgrade contribui essencialmente para uma melhoria na performance, principalmente nas versões base do Model S e Model X. A saber:

Aceleração das 0-60 milhas por hora (0-96 km/h)
Model S 75 De 5.5 segundos para 4.3 segundos
Model S 75D De 5.2 segundos para 4.2 segundos
Model S 100D De 4.2 segundos para 4.1 segundos
Model X 75D De 6.0 segundos para 4.9 segundos
Model X 100D De 5.2 segundos para 4.7 segundos

Já em relação à velocidade máxima e autonomia, fica tudo na mesma.

RELACIONADO BMW Série 3 100% elétrico. Temos rival para o Tesla Model 3?

A Tesla apresentou ainda uma nova configuração de bancos para Model X, com a segunda e terceira fila de bancos rebatíveis a 90 graus. Esta opção está disponível por um preço de 3.000 dólares, além das configurações de 5 e 6 lugares.

Tesla Model S falha (por pouco) a pontuação máxima nos testes de segurança

Depois de no ano passado ter falhado a pontuação máxima nos testes de segurança passiva do Insurance Institute for Highway Safety (IIHS), equivalente ao Euro NCAP, a berlina elétrica voltou agora a ser sujeita a uma bateria de testes, com o mesmo resultado.

O Model S obteve a nota mais alta em todas as categorias exceto nos testes de colisão frontal, isto depois da Tesla ter efetuado um conjunto de melhorias no sentido de melhorar a segurança do Model S. Um resultado que já levou a marca a questionar os testes do IIHS, isto depois de ter afirmado que o Model S seria o modelo mais seguro de sempre.

Tesla

Mais artigos em Notícias