Mercado

Test driver do Bugatti Chiron contratado pela Mazzanti Automobili

Luca Mazzanti, o fundador da marca com o mesmo nome, foi buscar à Bugatti um dos responsáveis pelo supercarro do momento, o italiano Loris Bicocchi.

Prestes a lançar aquele que é descrito como o desportivo road legal mais potente de sempre construído em Itália, a marca italiana Mazzanti Automobili anuncia a contratação de um dos responsáveis pelo Bugatti Chiron.

O italiano Loris Bicocchi (em cima, à direita), de 59 anos, foi responsável por avaliar as competências dinâmicas do novo Bugatti Chiron, mas a sua carreira no mundo automóvel começou em meados dos anos 70 na Lamborghini. Na década de 80, Bicocchi foi contratado pela Bugatti para participar no desenvolvimento do EB110.

Desde então, o piloto italiano tem feito parte de projetos de várias marcas – Pagani, Porsche, Koenigsegg, entre outras – até regressar recentemente à Bugatti.

Agora, Loris Bicocchi vai assumir funções na marca italiana Mazzanti Automobili como diretor do departamento de pesquisa e desenvolvimento. A primeira tarefa será o aprimoramento do Mazzanti Evantra Millecavalli, o desportivo apresentado no ano passado e que segundo a marca é o modelo road legal mais potente de sempre construído em Itália.

Depois de tantos anos a trabalhar um pouco por todo o mundo, ajudando a desenvolver projetos importantes de marcas prestigiadas, é gratificante saber que o futuro dos supercarros "artesanais" passa, mais uma vez, por Itália. A reunião com Luca Mazzanti inspirou-me. Sentimos imediatamente que partilhamos os mesmos valores, e eu apaixonei-me pela filosofia da empresa.

Loris Bicocchi

O Evantra Millecavalli (em baixo) está equipado com um bloco V8 biturbo de 7.2 litros, baseado no motor de 7.0 litros do Evantra «normal», apresentado em 2013. Tal como o nome indica, este motor de oito cilindros debita 1000 cv e 1200 Nm de binário máximo, sendo que toda esta potência é transmitida às rodas traseiras através de uma transmissão sequencial de seis velocidades.

Quanto às prestações, a Mazzanti anuncia um sprint dos 0 aos 100 km/h em escassos 2.7 segundos, enquanto que a velocidade máxima será de 402 km/h.

A produção do Evantra Millecavalli deverá avançar ainda este ano e estará limitada às 25 unidades.

Mais artigos em Notícias