Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Carlos Sainz aumenta a vantagem à 9ª etapa do Dakar

O segundo triunfo do espanhol marcou o regresso da Peugeot às vitórias no Dakar 2016.

A especial de hoje já era uma das mais curtas do Dakar, e mais curta ficou quando a organização foi obrigada a suspender a etapa no 4º waypoint, devido ao elevado calor que se fazia sentir em Belén, na Argentina.

Carlos Sainz fez valer a sua experiência e terminou com um tempo de 2h35m31s, apenas a 10 segundos de diferença para Erik Van Loon (Mini) e 37 segundos para Mikko Hirvonen (Mini). Na classificação geral, o espanhol reforçou a sua liderança, com Peterhansel e Al Attiyah a ocupar os outros dois lugares do pódio.

VEJAM TAMBÉM: 15 factos e números sobre o Dakar 2016

Quanto a Sébastien Loeb, o francês ficou várias vezes preso na areia e acabou por terminar a etapa no 18º posto, a 1h13m de Carlos Saiz, ficando praticamente de fora da corrida à vitória no Dakar.

Nas motas, Toby Price (KTM) voltou a estar num ritmo endiabrado e venceu claramente a etapa com mais de 7 minutos de vantagem sobre Kevin Benavides (Honda). Paulo Gonçalves voltou a ter um dia infeliz e esteve prestes a abandonar, mas graças ao encurtamento da etapa o português vai poder continuar em prova, embora atrasado na disputa pela vitória.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter