Carro autónomo da Google poderá gritar com os peões

O Google Car, o carro condução autónoma da Google, poderá gritar com os peões mais desatentos. Será demais?

A Google – como já falámos aqui – quer os seus carros autónomos a conduzirem como humanos. Mas, será que vão levar isso à risca, ao ponto de fazer o Google Car gritar com os peões em caso de perigo?

Com o evoluir dos carros 100% autónomos tudo se perde: o volante, as mudanças, o trânsito… Ou seja, ficamos resumidos a isto. Até vamos sentir saudades do stress na hora de ponta, enquanto buzinamos e ofendemos o carro da frente.

RELACIONADO: Polícia manda parar o Google Car por andar devagar demais

Parece que o carros da Google irão fazer todo o trabalho por nós, até nas ofensas durante o trânsito – vá, “quem nunca” que atire a primeira pedra! Recorrendo a altifalantes instalados no exterior e a um painel com a mensagem de perigo, o carro autónomo tem a capacidade de alertar os peões que queiram atravessar em situações de risco, sendo mais cuidadoso com as crianças.

Será que vamos ver um dos carros da Google numa situação idêntica à do Sapo Cocas no anúncio da primeira geração do Série 1?

Observação: o vídeo contém linguagem considerada obscena e é uma versão manipulada do anúncio original.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias