650 cv não chegam? Manhart deu ainda mais potência ao Porsche 911 Turbo S

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Tuning

650 cv não chegam? Manhart deu ainda mais potência ao Porsche 911 Turbo S

Chama-se Manhart TR 750 e é a proposta mais recente da preparadora alemã, que resolveu dar ainda mais potência ao Porsche 911 Turbo S.

O Porsche 911 Turbo S é o 911 da atual geração mais potente que podem comprar, com 650 cv, mas porque há sempre quem queira mais, a Manhart acaba de o deixar ainda mais “picante”.

Sim, isso mesmo. A preparadora germânica já deitou as mãos ao 911 Turbo S (992) e criou a sua própria visão do supercarro de Estugarda, denominada Manhart TR 750.

Este número faz referência à potência que os engenheiros da Manhart conseguiram extrair do motor de seis cilindros opostos, com 3.8 litros de capacidade e dois turbos, que encontramos no 911 Turbo S e que de série entrega 650 cv e 800 Nm.

A NÃO PERDER: Novo Porsche 911 GT3 RS (992) é quase um carro de competição com matrícula
Manhart TR 750 traseira

Ainda mais potência no futuro?

Aqui, neste Manhart TR 750, o flat-six viu a potência subir até aos 750 cv — os números para o binário máximo não foram revelados — graças apenas a uma reprogramação da Unidade de Controlo do Motor, o que mostra bem o potencial deste motor. A única modificação em termos de hardware foi a instalação de um novo sistema de escape da Kline, para uma “voz” ainda mais rouca.

Importa lembrar que na geração anterior (911.2) a Manhart levou o Porsche 911 Turbo S até aos 850 cv, pelo que não seria de estranhar se voltássemos a ouvir notícias desta preparadora germânica nos próximos meses a dar conta de que o novo 911 Turbo S tinha ultrapassado essa barreira.

Quanto às performances, a Manhart continua sem avançar qualquer estimativa, mas podemos assumir que estes 100 cv de potência extra terão um efeito positivo nos números do Turbo S, que já por si tem registos verdadeiramente impressionantes de origem: acelera dos 0 aos 100 km/h em 2,7s e chega aos 330 km/h.

Do ponto de vista estético, e tendo em conta que o Porsche 911 Turbo S já tem uma imagem bem agressiva, a Manhart optou por dar-lhe apenas a sua decoração típica, que combina o preto e o dourado, e molas da H&R que deixam este supercarro germânico 30 mm mais baixo.

Quanto vai custar?

A Manhart só revela o preço deste pacote de modificações mediante pedido, mas se tivermos em conta que em Portugal o Porsche 911 Turbo S começa nos 281 751 euros, podemos imaginar que não será barato.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o protótipo Porsche C88?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

C88. Este devia ser o “Dacia Logan” da Porsche para a China

Mais artigos em Notícias