Roubo de catalisadores em Portugal. Números da GNR mostram cenário pouco animador

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Criminalidade

Roubo de catalisadores em Portugal. Números da GNR mostram cenário pouco animador

O roubo de catalisadores continua em alta em Portugal. Em sete meses a GNR já registou mais de 1200 furtos de catalisadores.

A tendência não é de agora, mas o roubo de catalisadores continua a crescer em Portugal e não mostra sinais de abrandamento.

A Razão Automóvel contactou a Guarda Nacional Republicana (GNR) para perceber como está a evoluir este tipo de criminalidade e os números revelam um panorama pouco animador.

Segundo a GNR, desde o início do ano até 31 de julho de 2022, foram denunciados 1240 furtos de catalisadores, mas praticamente metade desse valor — 589 catalisadores furtados — aconteceram apenas nos últimos dois meses de junho e julho, o que dá uma média aproximada de 10 furtos por dia.

A NÃO PERDER: Nível de óleo do motor. Como verificá-lo e porque é importante fazê-lo
Roubo de catalisadores Portugal
Apesar dos esforços das autoridades que resultam em imagens como esta, a verdade é que o roubo de catalisadores continua a crescer em Portugal.

Relembramos que em 2021 a GNR registou o roubo de 2035 catalisadores nas suas zonas de atuação, um aumento brutal quando comparado com os 173 furtos registados durante todo o ano de 2020.

Detenções

A GNR anuncia também que neste mesmo período entre janeiro e julho de 2022 o roubo de catalisadores levou à detenção de 24 pessoas e à referenciação de 171 indivíduos como suspeitos de furto de catalisadores.

 

Ainda em declarações à Razão Automóvel, a GNR afirmou estar “particularmente atenta a este fenómeno criminal, existindo ocorrências dispersas por todo o território nacional”.

VEJAM TAMBÉM: É possível converter um motor Diesel para funcionar a GPL?

Como prevenir o roubo de catalisadores

Não existe nenhuma «fórmula mágica» que permita evitar o roubo de catalisadores em Portugal, mas há algumas medidas que podem ajudar a minimizar o risco de sermos vítimas deste tipo de criminalidade.

A GNR aconselha a:

  • Evitar estacionar em locais com má iluminação ou em locais ermos;
  • Anotar as características dos possíveis suspeitos (características físicas, roupa, etc…);
  • Ter sempre disponível os números de telefone da Posto Territorial da área de residência;
  • Caso se depare com uma situação de furto de catalisador ou de peças de veículos, contactar as autoridades o mais rapidamente possível.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Lancia Thema 8.32 na versão sem catalisador?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Thema 8.32: o Lancia com motor V8 da Ferrari
Em cheio!!
Vá para a próxima pergunta

ou leia o artigo sobre este tema:

Thema 8.32: o Lancia com motor V8 da Ferrari

Mais artigos em Notícias