Toyota Corolla NÃO foi o carro mais vendido do mundo em 2021

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Mercado

Toyota Corolla NÃO foi o carro mais vendido do mundo em 2021

O Toyota Corolla costuma ser, por defeito, o carro mais vendido do mundo, mas em 2021 foi destronado… por outro Toyota.

A resposta à pergunta sobre qual é o carro mais vendido do mundo tem sido, nos últimos anos, por defeito, só uma: Toyota Corolla. O familiar japonês tem vendido ao ritmo de mais de um milhão de unidades por ano, permitindo-lhe manter esse estatuto.

Mas em 2021, apesar de ter vendido tanto como em 2020 — mais de 1,1 milhões de unidades (!) — não foi suficiente para o Corolla manter esse estatuto, com outro Toyota a suplantá-lo por algumas dezenas de milhar de unidades: o RAV4.

O Toyota RAV4 assume-se, assim, como o carro mais vendido do mundo em 2021, ao mesmo tempo que repete o título de SUV mais vendido do planeta alcançado em 2020, tendo superado a marca das 1,1 milhões de unidades.

VEJAM TAMBÉM: Os 10 carros mais vendidos em 2021 em Portugal: TODOS OS TESTES em vídeo

Este foi o Top 10 mundial em 2021:

Os anos de 2020 e 2021 foram marcados por perturbações substanciais na indústria automóvel ao nível da produção e comercialização — primeiro pela pandemia e logo de seguida pela falta de semicondutores.

Toda a indústria foi afetada, uns mais outros menos, mas pode ajudar a compreender a performance de alguns modelos, como os próximos exemplos.

Além de termos tido em 2021 um novo modelo como carro mais vendido do mundo, fora dos 10 mais vendidos de notar a queda substancial do Volkswagen Golf (268 mil unidades, menos 31% em relação a 2020), caindo da 18.ª posição para a 49.ª; ou a saída do Honda Civic do Top 10 — ficou em 11.º, tinha sido 8.º em 2020 —, que apesar de ter vendido 467 mil unidades, vendeu menos 14% do que no ano anterior.

https://youtu.be/P1TaqIDzsjw

Acerca deste Top 10 há ainda a destacar a estreia da Tesla com o Model 3, no 9.º lugar. Tem sido habitual ver a Tesla bater recordes de produção todos os trimestres, de forma contínua, nos últimos anos e 2021 não foi exceção. O resultado está à vista, com o Model 3 a ultrapassar a marca do meio milhão de unidades vendidas, sendo também o automóvel elétrico mais vendido do mundo.

A maior ameaça ao Model 3 para se manter neste Top 10 chama-se… Tesla Model Y. Em 2021 vendeu 392 mil unidades (19.º modelo mais vendido do mundo e o 2.º elétrico), mas com a abertura das novas fábricas — Berlim e Texas —, deverá ultrapassar o Model 3 em 2022.

Também convém destacar a performance tímida da Ford F-150. A pick-up norte-americana encontra-se habitualmente no pódio dos modelos mais vendidos do mundo, mas a JATO separou os números da F-Series por variante: F-150, F-250, F-350. Caso considerasse apenas a gama F-Series, a sua posição neste Top 10 subiria de 7.º para 4.º modelo mais vendido, com mais de 730 mil unidades acumuladas.

O mesmo se pode dizer das outras duas grandes pick-up norte-americanas, a Ram Pick-up — o modelo mais vendido da Stellantis e com enorme margem — e Chevrolet Silverado, que também conseguiriam um lugar entre os 10 mais vendidos caso não fossem separadas por versões, o que empurraria o Tesla Model 3 e o Honda Accord para fora desta lista.

Onde andam os europeus?

Como é possível de constatar, entre os 10 carros mais vendidos do mundo em 2021 vemos modelos de marcas japonesas e norte-americanas. O primeiro modelo de uma marca automóvel europeia surge apenas no 16.º lugar e é, curiosamente, um modelo «chinês», a berlina Volkswagen Lavida, que acumulou 430 mil unidades.

Volkswagen Lavida
A mais recente versão do Lavida, uma das muitas berlinas que a Volkswagen vende em exclusivo na China.

Os números deste artigo foram reunidos pela JATO, correspondendo a 106 mercados, cerca de 99,3% do total mundial. Os restantes mercados em falta são demasiado pequenos para influenciarem o posicionamento dos modelos na tabela. Também desta lista estão excluídos os veículos ligeiros de mercadorias.

Fonte: JATO

Mais artigos em Notícias