Adeus, Hyundai IONIQ. Fim de produção anunciado para julho

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Produção

Adeus, Hyundai IONIQ. Fim de produção anunciado para julho

O fim de produção do Hyundai IONIQ, o primeiro do mundo a ter motorizações híbrida, híbrida plug-in e elétrica, está agendado para julho de 2022.

Hoje o IONIQ 5 concentra todas as atenções quando falamos de veículos elétricos na Hyundai, mas foi o IONIQ, lançado em 2016, que estabeleceu verdadeiramente as bases para a eletrificação da marca sul-coreana.

Afinal, foi o primeiro modelo de produção no mundo a vir equipado com três motorizações eletrificadas: híbrido, híbrido plug-in e 100% elétrico.

Mas agora com as bases da mobilidade elétrica na marca estabelecidas, o Hyundai IONIQ despede-se para não mais voltar, ao fim de uma só geração e 135 692 unidades vendidas na Europa (entre o final de 2016 e dezembro de 2021).

VEJAM TAMBÉM: Adeus, Ford Mondeo. Produção na Europa termina ao fim de 29 anos
Hyundai Ioniq
Híbrido, Elétrico ou Híbrido Plug-in. O Hyundai IONIQ só estava disponível com motorizações eletrificadas.

Eficiência acima de tudo

Além de ter sido concebido de raíz para integrar apenas motorizações eletrificadas, o IONIQ destacou-se ainda pelo seu design, com uma silhueta determinada pela aerodinâmica — uma típica traseira Kamm — que lhe garantia um Cx de apenas 0,24.

A eficiência das suas três motorizações sempre foi um dos seus maiores trunfos. Ambos os híbridos destacaram-se pelos seus baixos consumos, enquanto o elétrico surpreendia pela autonomia conseguida, apesar de uma bateria modesta.

Algo que pudemos comprovar quando testámos o IONIQ elétrico após a sua renovação (final de 2019), após ter recebido uma bateria maior de 38,3 kWh (mais 10 kWh que antes, mas ainda assim modesta na sua dimensão), que garantia uma autonomia realista de 300 km. Algo que pudemos comprovar quando testámos o modelo.

Hyundai Ioniq EV © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

A sua eficiência e design traduziram-se em inúmeros prémios após o seu lançamento em 2016. Desde vencer os Red Dot Design Awards e os Good Design Awards, aos galardões pela eficiência demonstrada nos testes ADAC Ecotest ou Green NCAP.

Foi ainda Carro do Ano em países como a Noruega, Suécia e França e conquistou também o título de Women’s World Car of the Year.

E agora?

Com o fim de produção anunciado para julho de 2022, o Hyundai IONIQ sai do mercado sem deixar um sucessor direto, mas o seu nome e legado perdurará na família de modelos 100% elétricos da Hyundai.

Já conhecemos o IONIQ 5 e brevemente conheceremos o IONIQ 6, uma berlina elétrica que será o que mais próximo teremos similar ao IONIQ original. Também já programado está um IONIQ 7, um SUV elétrico de grandes dimensões antecipado pelo protótipo Seven.

Mais artigos em Notícias