Ferrari F430 com caixa manual são mais valiosos que o 430 Scuderia

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Venda

Ferrari F430 com caixa manual são mais valiosos que o 430 Scuderia

Um Ferrari F430 Spider com caixa manual foi vendido por mais de 378 mil euros. Um recorde para o superdesportivo de Maranello.

Ainda não é um clássico, mas já se assiste a uma inegável escalada nos preços pedidos por um Ferrari F430.

Bem… Pelo menos nos F430 equipados com caixa manual, que têm sido trocados de mãos por valores cada vez mais exorbitantes, ao contrário dos equipados com a caixa semiautomática F1.

De tal forma que, de momento, já apresentam valores superiores aos 430 Scuderia e Scuderia Spider 16M, as variantes de alta performance e mais especiais do superdesportivo italiano.

VEJAM TAMBÉM: 296 GTS. Este é o primeiro descapotável V6 da Ferrari
Ferrari F430 Spider caixa manual
O protuberante item e também a principal razão da sua valorização.

Contudo, a verdade é que devem ter sido produzidos menos F430 com caixa manual do que 430 Scuderia e Scuderia Spider 16M em conjunto.

Dos mais de 15 mil F430 produzidos, estima-se que apenas 10% do total tenham vindo equipados com caixa manual e dada a sua escassez, talvez ajude a justificar a sua valorização galopante.

A prova? O Ferrari F430 Spider com caixa manual que ilustra este artigo foi arrematado no Bring a Trailer por 408 430 dólares, o equivalente a pouco mais de 378 mil euros, um recorde absoluto para o modelo — quase duas vezes mais que este exemplar vendido em 2021.

Ferrari F430 Spider

É o mais recente de uma série de F430 com caixa manual vendidos pela mesma casa em que o preço só parece conhecer um trajeto: para cima.

Basta reparar que o 430 Scuderia mais caro vendido pelo Bring a Trailer, já este ano, ficou-se pelos 296 mil dólares, pouco mais de 274 mil euros.

O F430 Spider recordista

O exemplar recordista em questão é de 2009, tem menos de 18 mil quilómetros e reside nos EUA, na Flórida, desde 2014. Surge no clássico Rosso Corsa com o interior revestido a pele de tom bronzeado com costuras a vermelho.

Ferrari F430 Spider

Destaca-se ainda pelas jantes de 19″, maxilas de travão de cor vermelha e travões em carbo-cerâmica e bancos Daytona (tipo bacquet) de regulação elétrica.

Como todos os F430, a animar este roadster temos um V8 naturalmente aspirado em posição central traseira de 4,3 l de capacidade com 490 cv de potência atingidos a umas gritantes 8500 rpm.

 

A caixa manual de seis velocidades que tanto fez pela valorização deste F430 Spider, incorpora o diferencial autoblocante eletrónico (transaxle) e na melhor tradição Ferrari, é acessível através do belíssimo e nu manípulo encimado por uma esfera, ambos em metal, que «desliza» sobre uma grelha metálica com o padrão em “duplo H”.

Teto de preço atingido?

O Bring a Trailer tem outro Ferrari F430 com caixa manual à venda, desta vez um coupé de 2005 com pouco mais de 56 mil quilómetros e um histórico não tão imaculado. Será que também veremos ser trocado de mãos por valores desta ordem de grandeza?

Teremos de aguardar mais alguns dias para o confirmar. À data da publicação deste artigo faltam ainda quatro dias para o fim do leilão, com a licitação mais alta a fixar-se, por agora, nos 155 430 dólares, praticamente 144 mil euros.

Ferrari F430 Spider

Sabendo que estes leilões animam quanto mais próximo se aproxima o seu fim, cá estaremos para confirmar se o oneroso «apetite» por F430 com caixa manual — o último dos Ferrari com motor em posição central traseira a trazer este tipo de transmissão — se mantém.

Mais artigos em Notícias