Arranque a Frio. É elétrico, mas o Rimac Nevera não tem medo do frio

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Arranque a Frio

É elétrico, mas o Rimac Nevera não tem medo do frio

O Rimac Nevera completou duas semanas intensivas de testes perto do Círculo Polar Ártico, na Suécia, no Centro Sottozero da Pirelli.

Com 1914 cv e 2360 Nm, o hipercarro elétrico Rimac Nevera é um dos mais potentes no mercado — só ultrapassado pelo Lotus Evija.

Mesmo contando com tração às quatro rodas, levá-lo para o gelo, neve e temperaturas abaixo de zero (-15 ºC) perto do Círculo Polar Ártico, seria sempre um desafio.

Um desafio, mas necessário. Apesar do Rimac Nevera já ter sido homologado na Europa e EUA, as duas semanas de testes na Suécia serviram para «afinar» as calibrações de vários sistemas como o ABS, o ESP e o sistema de vetorização do binário.

A NÃO PERDER: Testámos o Rimac Nevera de 1914 cv. Apenas um «míssil com rodas» ou muito mais que isso?
Rimac Nevera

Deu ainda para testar o Nevera com os Pirelli P Zero Winter, os pneus de inverno recomendados pela Rimac para o seu hiperdesportivo.

Fazer as calibrações finais destes sistemas nestas condições são as ideais de acordo com Miroslav Zrnčević, piloto-chefe de testes e desenvolvimento da Bugatti Rimac: “As coisas acontecem muito mais devagar do que aconteceriam em asfalto e temos pistas suaves e niveladas e por isso sabemos que os dados que obtemos não são afetados por imperfeições na superfície ou mudanças de temperatura”.

As primeiras entregas do Rimac Nevera de um total de 150 a serem produzidos irão iniciar-se nos próximos dois meses.


Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabe responder a esta?
A Audi mostrou um superdesportivo que não era a gasolina. Que motorização tinha?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

O dia em que a Audi fez um superdesportivo Diesel

Mais artigos em Notícias