Arranque a Frio. Fábrica da Mercedes na Índia teve de parar por visita inesperada

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Arranque a Frio

Fábrica da Mercedes na Índia teve de parar por visita inesperada

Entre os motivos para parar uma fábrica, a visita de um leopardo na da Mercedes-Benz deve ser inédito na indústria automóvel.

A pandemia e a falta de chips tem afetado a produção automóvel em todo o mundo, mas nesta fábrica da Mercedes-Benz em Chakan, na Índia, a paragem de seis horas que teve foi por algo bem diferente e, acreditamos, inédito.

Afinal, não é todos os dias que temos de suspender a atividade por um leopardo… ter «visitado» as instalações.

Mas foi isso mesmo que aconteceu, provocando também algum pânico, compreensível, entre os funcionários da fábrica.

VEJAM TAMBÉM: No futuro da Jaguar há uma “Panthera”

Os responsáveis da fábrica da Mercedes-Benz chamaram o Departamento das Florestas de Chakan para resgatar o leopardo, que se fez acompanhar pela instituição Wildlife SOS.

Segundo o Wildlife SOS, a operação de resgate do leopardo demorou cerca de quatro horas. O felino depois de ser atingido por um dardo tranquilizante foi transportado para observação médica antes de ser devolvido ao seu habitat.

Como é que um leopardo foi parar no interior da fábrica da Mercedes-Benz? Primeiro, o estado de Maharashtra onde se encontra a fábrica, apesar da elevada industrialização, é também uma das áreas com maior concentração de leopardos no mundo.

Depois, a localização específica da fábrica faz com que esteja rodeada por várias áreas florestais de onde o leopardo deve ter vindo.


Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Mais artigos em Notícias