Lamborghini: 2022 vai ser o último ano «puramente» a combustão

Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Lamborghini: 2022 vai ser o último ano «puramente» a combustão

A partir de 2023 os motores de combustão na Lamborghini vão começar a ter assistência elétrica e em 2024 toda a gama será eletrificada.

O ano de 2021 até deu à Lamborghini motivos para festejar, com 8405 unidades a nível global, um crescimento de 13% e um novo recorde de entregas. Contudo, 2022 promete também ficar na história da marca de Sant’Agata Bolognese.

Tal como referiu Stephan Winkelmann numa recente entrevista, este será o último ano em que a Lamborghini oferecerá modelos exclusivamente equipados com motores de combustão.

Em 2023 vamos conhecer o primeiro híbrido plug-in da marca italiana — será o sucessor do Aventador? — sendo que, a partir de 2024, toda a gama estará, de alguma forma, eletrificada.

A NÃO PERDER: McLaren e V12 Lamborghini. “McLambo”, o F1 com que Senna queria correr
Lamborghini Urus
Prestes a ser renovado, o Lamborghini Urus deverá receber motorizações eletrificadas ainda este ano.

Nesta «fase de transição», a marca italiana prepara-se para revelar quatro novos modelos em 2022, sendo um deles o renovado Lamborghini Urus EVO que deverá também incluir versões eletrificadas.

Além do Urus EVO, também veremos novas versões do Huracán, ainda está equipado com um V10 naturalmente aspirado sem qualquer tipo de assistência elétrica.

Um “arranque positivo”

Com a produção de 2022 já praticamente esgotada, o diretor executivo da Lamborghini mostra-se confiante à medida que a marca italiana se prepara para revelar o seu primeiro modelo 100% elétrico.

Ainda sem uma data concreta para a sua revelação — deverá acontecer durante a segunda metade da década —, pouco se sabe acerca deste. Contudo, há rumores que apontam para que seja um quatro lugares, restando saber se será um GT de duas ou de quatro portas.

Já acerca do investimento feito pela Lamborghini na eletrificação não há quaisquer dúvidas. No total a marca transalpina dedicou 1,5 mil milhões de euros à transição para os modelos híbridos plug-in.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Lamborghini LM002?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lamborghini LM002. O «touro indomável» de Sant’Agata Bolognese

Mais artigos em Notícias