Adeus, Daimler AG. A partir de hoje passa a Mercedes-Benz Group AG

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Adeus, Daimler AG. A partir de hoje passa a Mercedes-Benz Group AG

O «prometido é devido» e a partir de hoje, 1 de fevereiro, a Daimler AG passa a ser conhecida como Mercedes-Benz Group AG.

Quase um ano depois do anúncio original, a Daimler AG deixa de «existir» e passa a chamar-se Mercedes-Benz Group AG.

Esta mudança surge depois de a Daimler AG ter visto a Daimler Truck, dedicada aos camiões e autocarros, se ter tornado independente, tendo até passado a ser cotada em bolsa.

Já a Daimler Mobility também mudou de nome e passa a denominar-se como Mercedes-Benz Mobility AG, mas continua responsável pelas questões financeiras (como os processos de financiamento e leasing) e de mobilidade.

A NÃO PERDER: Indústria automóvel. Quem é dono de quem?
Ola Källenius CEO Mercedes-Benz
Ola Källenius, CEO da Mercedes-Benz, com o protótipo do Mercedes-Benz EQS

Curiosamente, quando a divisão da Daimler AG foi anunciada estava previsto que a Daimler Mobility visse os seus meios e equipas serem divididas entre a Daimler Trucks e o Mercedes-Benz Group AG.

As razões da «separação»

De acordo com o Mercedes-Benz Group AG, esta renomeação vem ressalvar o renovado foco na produção de automóveis e comerciais ligeiros das suas várias marcas: Mercedes-Benz, Mercedes-AMG, Mercedes-Maybach e Mercedes-EQ.

Como é óbvio, por trás desta nova designação está um só objetivo: potenciar tanto o Mercedes-Benz Group AG como a Daimler Truck.

Isso mesmo é evidente quando temos em conta as declarações de Bernd Pischetsrieder, presidente do conselho de supervisão da agora desaparecida Daimler AG.

Segundo o executivo alemão, graças a esta «separação “A Daimler Truck e a Mercedes-Benz serão capazes de dominar a transformação da indústria com ainda mais sucesso graças a uma total liberdade empresarial e uma estrutura de gestão independente”.

Já Ola Källenius, Presidente do Conselho de Administração do agora Mercedes-Benz Group AG defende que esta solução permitirá «desbloquear» todo o potencial de ambas as empresas.

A expectativa é que tal se traduza num aumento do valor do Mercedes-Benz Group AG em bolsa e, por conseguinte, numa ainda maior capacidade de financiamento.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Mercedes-Benz 190 (W 201)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Bom negócio? Comprámos um Mercedes-Benz 190 (W 201) com 200 000 km

Mais artigos em Notícias