Infoentretenimento do Volkswagen Golf vai ser mais fácil de usar. O que mudou?

Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Tecnologia

Infoentretenimento do Volkswagen Golf vai ser mais fácil de usar. O que mudou?

Com novo software e hardware, o revisto sistema de infoentretenimento do Volkswagen Golf incorpora ainda várias sugestões de utilizadores.

Um dos maiores chamarizes da atual geração do Volkswagen Golf, o sistema de infoentretenimento MIB3, nem sempre esteve isento d críticas, principalmente relativas à sua responsividade e velocidade.

Ciente disso, a marca alemã decidiu atualizar o sistema, levando a cabo alterações ao nível tanto do software como do hardware que vão começar a surgir nas versões mais recentes do Golf.

No campo do hardware o sistema recebeu uma unidade de processamento mais potente que, segundo a Volkswagen, tem mais 25% de capacidade de computação e uma capacidade gráfica três vezes melhor. Contudo, o software é que reserva as maiores novidades.

LEIAM TAMBÉM: Já há «bots» na Volkswagen Autoeuropa, mas qual a sua missão?
Volkswagen Golf
Os comandos de voz do sistema de infoentretenimento do Golf foram um dos «alvos» desta atualização.

Sem botões e sem «problemas»

No campo do software, a Volkswagen efetuou melhoramentos no funcionamento de todo o sistema. Um dos maiores focos esteve no evitar da seleção dos controlos errados, algo usual num sistema que abdicou, quase totalmente, dos comandos físicos.

Assim, sempre que alguém aproxima os dedos do ecrã central o sistema automaticamente desativa os comandos hápticos que controlam a climatização e o volume do rádio (a pequena barra localizada logo abaixo do ecrã tátil do sistema de infoentretenimento). Além disto, os sensores de infravermelhos usados nos comandos por gestos também foram melhorados, tudo para permitir a leitura de gestos a uma maior distância do ecrã.

Também os comandos de voz foram melhorados. O objetivo passou por melhorar não só a sua velocidade como a capacidade de resposta, com o sistema a passar a reconhecer novos controlos de voz.

Por exemplo, se o condutor disser “tenho frio”, o sistema liga automaticamente o aquecimento. Por fim, o microfone usado pelo sistema também foi melhorado, passando agora a conseguir distinguir os comandos do condutor e do passageiro.

Apesar de as melhorias de hardware só estarem disponíveis nos modelos novos que agora estão a ser produzidos, a Volkswagen já revelou que planeia fazer chegar as melhorias de software aos exemplares do Golf já produzidos, abordando os clientes no próximo ano sobre a atualização de software.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Volkswagen Lupo GTi?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Glórias do Passado. Volkswagen Lupo GTI, genuíno “pocket rocket”

Mais artigos em Notícias