Revelação para breve. Radical Porsche 718 Cayman GT4 RS «caçado» sem camuflagem

Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Fotos-espia

Revelação para breve. Radical Porsche 718 Cayman GT4 RS «caçado» sem camuflagem

O Porsche 718 Cayman GT4 RS vai ser apresentado ainda durante este mês de novembro e voltou a mostrar-se, desta vez sem qualquer camuflagem.

O novo Porsche 718 Cayman GT4 RS está cada vez mais perto de ser apresentado e deixou-se novamente «apanhar» em fotos-espia, perto de Estugarda, na Alemanha.

Mas mais importante ainda, mostrou-se pela primeira vez sem nenhum tipo de camuflagem. Os únicos elementos escondidos são mesmo os logótipos da Porsche, algo perfeitamente comum na última fase de desenvolvimento dos modelos.

Por comparação com o 718 Cayman GT4 «normal», este novo 718 Cayman GT4 RS, que será o primeiro Porsche que não o 911 a receber o tratamento RS, está repleto de detalhes especiais.

A NÃO PERDER: Taycan 4S Cross Turismo testado. Antes de ser elétrico, é um Porsche
fotos-espia_Porsche Cayman GT4 RS 2 © Razão Automóvel

Menos civilizado, mais selvagem

Na dianteira, por exemplo, o para-choques apresenta-se com entradas de ar de maiores dimensões, com um lip-spoiler muito pronunciado e claro, com um capô mais musculado que integra duas entradas de ar NACA.

De perfil são as jantes forjadas com aperto central que mais se destacam, bem como os discos de travões perfurados e sobredimensionados, que podem ser carbo-cerâmicos, uma configuração que nesta «ronda» de fotos-espia pode ser vista num protótipo com especificações norte-americanas, confirmando, assim, que este 718 Cayman GT4 RS vai atravessar o Atlântico.

fotos-espia_Porsche Cayman GT4 RS 2
Este protótipo de testes do inédito 718 Cayman GT4 RS trata-se da versão norte-americana.. © Razão Automóvel

Mas é impossível não olhar para este 718 Cayman e não falar da imponente asa traseira, que ostentará a designação GT4 RS nas laterais, apesar da fútil tentativa de a tapar com película autocolante.

LEIAM TAMBÉM: Conduzimos o Porsche 911 GTS (992). A versão que faz mais sentido?

A asa, cuja geometria poderá ser ajustada manualmente, combina na perfeição com o enorme difusor de ar traseiro e promete ter um impacto significativo na aerodinâmica desta proposta, que foi totalmente revista por comparação com o 718 Cayman GT4, que passa a parecer «civilizado» em comparação.

fotos-espia_Porsche Cayman GT4 RS 2 © Razão Automóvel

Seis cilindros naturalmente aspirado

A alimentar este 718 Cayman GT4 RS estará um motor seis cilindros boxer naturalmente aspirado de 4,0 l de capacidade que já conhecemos do GT4 (sem relação com o seis cilindros boxer de 4.0 l do 911 GT3), ainda que a potência final seja uma incógnita.

A NÃO PERDER: Porsche Mission R Concept. Será este o sucessor do 718 Cayman?

Certo é que este GT4 RS se deverá sobrepor aos 420 cv do GT4, pelo que estima-se que a potência final situar-se-á em torno dos 450 cv, sempre abaixo dos 510 cv do “irmão” mais velho, o 911 GT3.

Ida ao Nürburgring impressionou

Tal como sempre acontece com quase todos os lançamentos da «casa» de Estugarda, também este 718 Cayman GT4 RS já se exibiu pelo mítico Nürburgring, onde tirou uns impressionantes 23,6s ao tempo do 718 Cayman GT4 — ou seja, é mais de um segundo mais rápido por quilómetro (!).

A NÃO PERDER: Porsche 718 Cayman GT4 RS. Menos 23,6 segundos no Nürburgring que o 718 Cayman GT4

É uma diferença significativa e que ajuda a ilustrar as alterações que a Porsche operou na versão mais radical (e rápida) do 718 Cayman, que precisou de apenas 7min09,3s para percorrer os 20,832 km do mítico traçado germânico.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Audi A2?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Glórias do Passado. Audi A2, à frente do tempo

Mais artigos em Notícias