Um carro telecomandado pode ser mais rápido que um Fórmula 1?

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Arranque a Frio

Um carro telecomandado pode ser mais rápido que um Fórmula 1?

Este pequeno carro telecomandado dá todo um novo significado ao termo “pocket rocket“, mas será que é suficientemente rápido para bater um F1?

Sempre que um monolugar de Fórmula 1 participa numa drag race costuma ser protagonista, mesmo que do outro lado esteja um Bugatti Chiron. Mas quando o adversário é um… carro telecomando, a história é outra.

Sim, isso mesmo, os britânicos da Carwow colocaram frente a frente um Red Bull RB7 (vencedor do campeonato do mundo de Fórmula 1 em 2011) e um pequeno foguete, o ARRMA Limitless.

No papel, esta «luta» pode parecer desigual, já que o RB7 é animado por um 2.4 V8 com 750 cv para apenas 650 kg. Mas talvez queiram repensar a vossa resposta…

A NÃO PERDER: Toyota Mirai telecomandado também funciona a hidrogénio
CARRO TELECOMANDADO DRAG RACE RED BULL F1

É que o ARRMA Limitless, cujo preço ronda as 1400 libras (cerca de 1635 euros), dá todo um novo significado ao termo pocket rocket, pois anuncia de série uma velocidade máxima superior a 160 km/h!

Quase que nos esquecemos que nesta drag race épica também participa um Honda NSX onde seguiu — no lugar do pendura — o piloto do pequeno carro telecomandado, a controlar tudo à distância. Apesar de ser genuinamente rápido, o NSX estava fora do seu elemento «entalado» entre o F1, pilotado por David Coulthard, e o ARRMA Limitless.

Não queremos estragar a surpresa e revelar já quem foi o grande vencedor. O melhor mesmo é verem o vídeo:


Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebe o seu café ou ganha coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Toyota 2000 GT?

Mais artigos em Notícias