Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Leilão

Pagavam quase 350 000 euros por este Honda NSX-R?

Nos anos 1990, o Honda NSX-R ficou conhecido por dar uma "tareia" a muitos desportivos de "raça" europeus. Agora, vai a leilão e promete render uma fortuna.

Quando falamos da sigla Type R a um petrolhead a probabilidade é que lhe passem imediatamente pela memória modelos como o Integra Type R ou o Civic Type R. Mas aquilo que muitos não sabem é que a Honda também “aplicou” a letra mágica — R — ao NSX. Aliás, foi ele quem iniciou a saga, em 1992.

Dessa decisão resultou o NSX-R, uma versão ainda mais radical do desportivo de motor central que chegou a receber a “benção” de um dos maiores de sempre, o brasileiro Ayrton Senna (que também participou no seu desenvolvimento).

Por comparação com um Honda NSX “normal”, o NSX-R destacava-se pelo recurso à fibra de carbono e por dispensar tudo o que não era estritamente necessário, incluindo a direção assistida, o sistema de som e o ar condicionado. Uma “dieta” que permitiu poupar cerca de 100 kg.

A NÃO PERDER: Ayrton Senna. O piloto que ajudou o Honda NSX a curvar
Honda NSX_R © Torque-GT

A alimentar tudo isto estava o mesmo 3.2 V6 VTEC (usado nos atualizados NSX NA2) — montado em posição central traseira —, naturalmente, aspirado que enviava a força em exclusivo para as duas rodas traseiras através de uma caixa manual de seis velocidades.

No papel, este bloco produzia “apenas” 294 cv, mas são muitos os rumores que sugerem que a Honda lhe deu “uns pozinhos mais”.

Por esta altura já devem ter percebido que este Honda NSX-R é um automóvel especial e ainda nem vos contei que foi um modelo vendido exclusivamente no Japão e do qual só foram produzidos menos de 500 exemplares.

Honda NSX_R © Torque-GT

Por tudo isto, sempre que um NSX-R aparece à venda no mercado de usados é notícia. E agora, o portal Torque GT, especialista britânico que ainda recentemente colocou à venda um dos 300 exemplares do Honda Civic Mugen RR (FD2), acaba de anunciar que vai “abrir” o leilão de um modelo da geração NA2, que teve uma produção ainda mais exclusiva: 140 unidades.

LEIAM TAMBÉM: Nissan GT-R Nismo vs. Honda NSX. Consegues imaginar o resultado final?

A Torque GT não revela o ano do modelo nem a quilometragem, mas numa das imagens do interior é possível ver que o odómetro assinala 50 920 km.

Falta apenas falar do preço e não foi à toa que o deixei para o fim. É que a Torque GT já fez saber que a base de licitação é de 346 000 euros. Sim, isso mesmo. E é de esperar que se aproxime da barreira dos 400 000: em 2019 foi vendido um NSX-R (também da geração NA2) com apenas 560 km por 377 739 euros.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Torque GT (@torquegt)

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Honda S2000?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este Honda S2000 tem apenas 59 km e pode ser o mais caro de sempre

Mais artigos em Notícias