WEC

Toyota vai celebrar 100 provas no WEC na próxima corrida em Portimão

O circuito de Portimão vai acolher a 100ª prova da Toyota no WEC, onde também são desenvolvidos os seus protótipos, como o GR010 Hybrid.

Quando o Toyota GR010 Hybrid enfrentar as 8 Horas de Portimão no próximo fim de semana (12 e 13 de junho), o hipercarro da marca nipónica vai estar a fazer muito mais do que simplesmente disputar a segunda ronda do Campeonato Mundial de Resistência (WEC).

Afinal de contas, é em Portimão que a Toyota vai celebrar 100 corridas efetuadas no Mundial de Resistência, assinando mais um capítulo de uma história que se iniciou em 1983 com o Toyota 83C.

O Autódromo Internacional do Algarve (AIA) ganha relevância ainda por ser uma espécie de “segunda casa” para a Toyota: o circuito tem sido usado para desenvolver os seus protótipos de competição nos últimos anos.

A NÃO PERDER: Estará a Toyota a preparar um novo V8 biturbo? Nova patente parece indicar que sim
Toyota GR010 Hybrid
Esta imagem não engana, o novo GR010 Hybrid foi posto à prova no “nosso” circuito de Portimão.

Um circuito “familiar”

Apesar do Circuito de Portimão ser um estreante no calendário do WEC — será o 21.º circuito no qual os protótipos da Toyota vão correr desde a estreia da marca neste campeonato —, como referimos, a pista portuguesa não é desconhecida da Toyota Gazoo Racing e após a vitória na primeira prova da temporada em Spa-Francorchamps, a equipa nipónica chega ao nosso país com justificadas ambições.

 

Campeã do mundo em título, a Toyota enfrenta no Algarve rivais como a Scuderia Cameron Glickenhaus e a Alpine (ambas com apenas um carro em prova). Para lhes fazer frente a Toyota Gazoo Racing fará alinhar dois GR10 Hybrid.

O primeiro, com o número 8, pertence aos líderes do campeonato de pilotos, o trio Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley. Já no Toyota n.º 7 alinham os campeões em título, os pilotos Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López que terminaram a primeira corrida em terceiro lugar.

Toyota Dome 84C
Toyota Tom 84C, a segunda “arma” da Toyota na “guerra” das provas de resistência.
VEJAM TAMBÉM: O motor a hidrogénio da Toyota deixa-se ouvir

Uma longa caminhada

Com 99 provas disputadas no Campeonato Mundial de Resistência, a Toyota conta com um total de 31 vitórias e 78 pódios em 56 corridas.

Apesar de a estreia ter decorrido em 1983, foi preciso esperar por 1992, e pela terceira temporada completa da marca japonesa no campeonato, para ver as cores da Toyota no lugar mais alto do pódio, com a vitória do TS010 em Monza.

Toyota TS010
O TS010 com que a Toyota obteve a primeira vitória no Campeonato Mundial de Resistência.
A NÃO PERDER: Toyota RAV4 Plug-in. Quase 100 km sem gastar gasolina na cidade

Desde então, o suíço Sébastien Buemi estabeleceu-se como o piloto com o maior número de vitórias pela Toyota no campeonato (18 vitórias) e naquele que mais vezes assumiu os comandos de um protótipo da marca japonesa, contando com 60 provas disputadas até agora.

Após três dias de viagem num camião, os Toyota GR010 Hybrid entram em pista já na sexta-feira à tarde com o primeiro treino. Para sábado está marcada a qualificação e domingo, às 11 horas, arranca a 100ª prova da Toyota no Campeonato Mundial de Resistência.

Sabe responder a esta?
Qual é a potência do BMW M5 CS?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

O BMW M5 CS foi até ao Nürburgring. Como é que se portou?

Mais artigos em Notícias