Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Grupo Renault e Plug Power unem-se para apostar no hidrogénio

O resultado da "união" entre o Grupo Renault e a Plug Power é a joint-venture de mobilidade de hidrogénio "HYVIA" estabelecida em quatro locais em França.

Num contraciclo face à posição do Grupo Volkswagen, que pela voz do seu diretor executivo mostra pouca fé nos veículos veículos “fuel cell” a hidrogénio, o Grupo Renault continua a reforçar a aposta na mobilidade de hidrogénio.

Prova disso mesmo é a recente joint-venture que o gigante gaulês criou em conjunto com a Plug Power Inc., líder mundial em soluções a hidrogénio e pilha de combustível.

A joint-venture, detida em partes iguais pelas duas empresas, dá pelo nome “HYVIA” — uma designação que advém da contração de “HY” para hidrogénio e da palavra latina para estrada “VIA” — e tem como como CEO David Holderbach, que conta com mais de 20 anos de experiência no Grupo Renault.

A NÃO PERDER: No adeus aos Renault Sport, recordamos 5 dos mais especiais
Renault hidrogénio
A localização das fábricas onde a HYVIA vai operar.

Quais são os objetivos?

A meta da “HYVIA” passa por “contribuir para a descarbonização da mobilidade na Europa”. Para tal, a empresa que pretende posicionar a França “na vanguarda do desenvolvimento industrial e comercial desta tecnologia do futuro” já tem um plano.

Este consiste em oferecer um ecossistema completo de soluções chave na mão: veículos comerciais ligeiros equipados com células de combustível, estações de recarga, fornecimento de hidrogénio livre de carbono, manutenção e gestão de frota.

Estabelecida em quatro locais em França, a “HYVIA” verá os três primeiros automóveis equipados com pilha de combustível (fuel cell) lançados sob a sua égide chegar ao mercado europeu no final de 2022. Todos baseados na plataforma do Renault Master estes terão versões para transporte de bens (Van e Chassis Cabine) e para transporte de passageiros (um “mini-autocarro” urbano).

Com a criação da parceria HYVIA, o Grupo Renault prossegue o seu objetivo de, em 2030, ter a quota de viaturas mais verde do mercado.

Luca de Meo, CEO do Grupo Renault

Segundo o comunicado no qual a “HYVIA” foi apresentada, o Grupo Renault afirma que “a tecnologia de hidrogénio da HYVIA complementa a tecnologia E-TECH da Renault, aumentando a autonomia dos automóveis até aos 500 km, com um tempo de recarga de apenas três minutos”.

Sabe responder a esta?
Em que ano é que a Renault conquistou a sua primeira vitória na Fórmula 1?

Mais artigos em Notícias