Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Arranque a Frio

Sem ecrãs e com jantes de ferro. Será este o Suzuki Jimny ideal?

O Suzuki Jimny Lite leva-nos a "viajar no tempo" até uma era sem tantos luxos e na qual os automóveis traziam só o "essencial"

Quando foi lançado, o Suzuki Jimny deu muito que falar, inclusive pelo simples facto de existir uma versão com os vetustos vidros dianteiros manuais. Pois bem, ao que parece a marca japonesa achava que ainda dava para “cortar” um pouco mais nos luxos oferecidos pelo seu mini-jipe e o resultado foi o Jimny Lite.

Com chegada ao mercado australiano prevista para agosto (há rumores que indicam que vai chegar à Europa), o Suzuki Jimny Lite é um tratado de simplicidade. No exterior abdicou das jantes de liga leve em detrimento de umas de ferro com 15”, viu os faróis adotarem o halogéneo em vez do LED, perdeu os faróis de nevoeiro e até os espelhos pintados na cor da carroçaria.

Já no interior, o ecrã central desapareceu, dando lugar a um tradicional rádio com botões (!) que não só lê CD’s (há quanto tempo os carros não eram compatíveis com este formato?) como tem conetividade Bluetooth. Quanto ao ar condicionado, esse continua presente, mas não é automático, adotando uns tradicionais comandos rotativos.

Por fim, no capítulo mecânico não há novidades, com o Jimny Lite a manter-se fiel ao seu 1.5 l a gasolina atmosférico com 102 cv e 130 Nm que são enviados às quatro rodas através de uma caixa manual de cinco relações.


Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebe o seu café ou ganha coragem para começar o dia, fique a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Suzuki Across?

Mais artigos em Notícias