Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Fotos-espia

Sony Vision-S. Desenvolvimento continua, mas será que chegará à linha de produção?

Para um automóvel em que não há intenções de o comercializar, os testes de desenvolvimento ao Sony Vision-S continuam sem parar.

Foi no CES 2020 que ficámos a conhecer o inesperado Sony Vision-S, um protótipo de um automóvel elétrico para dar a conhecer os avanços da Sony na área da mobilidade, sem intenções de chegar à produção.

Já este ano, a Sony mostrou um vídeo que mostrava o início dos testes do  Vision-S na via pública, alimentando mais uma vez os rumores sobre a possibilidade de chegar à linha de produção.

Cinco meses depois, o Vision-S é agora apanhado numa série de fotos-espia, na Europa, onde é possível constatar que os testes na estrada continuam a decorrer.

VEJAM TAMBÉM: Mercedes-AMG EQS a caminho? Fotos-espia parecem confirmá-lo
Sony Vision S fotos-espia © Razão Automóvel

Parece tratar-se do mesmo protótipo que vimos nos vídeos oficiais da marca, onde o Vision-S está a servir de laboratório rolante para testar múltiplas tecnologias, a maior parte relacionada com condução autónoma.

De momento o Sony Vision-S permite condução semiautónoma (nível 2+), a única legalmente permitida e já presente em vários modelos em comercialização, que faz uso de um total de 40 sensores (entre os quais o LIDAR) que permitem uma monitorização de 360º. Assim temos cruise control adaptativo e funcionalidades como estacionamento automático, mudança de via automática.

Sony Vision S fotos-espia © Razão Automóvel

A Sony não quer ficar por aqui, pretendendo continuar a desenvolver o sistema com o objetivo de alcançar o nível 4, ou seja, um veículo já capaz de ser totalmente autónomo.

VEJAM TAMBÉM: Enyaq iV. Já conduzimos o primeiro SUV elétrico da Skoda

É para produzir?

O que fica por responder é qual é o objetivo final da Sony para o Vision-S. Continuar apenas a desenvolver a tecnologia nele integrada e vendê-la a outros? Vender o projeto todo — veículo incluído, tendo este sido desenvolvido pela austríaca Magna-Steyr, que tem capacidade para o produzir — a outro construtor?

Ou será que a Sony tem planos para entrar, como marca, na indústria automóvel?

Sony Vision S fotos-espia © Razão Automóvel

 

Mais artigos em Notícias