Antevisão

Gordon Murray. Depois do GMA T.50 vem a caminho um pequeno elétrico

O Gordon Murray Group (GMC), fundado pelo engenheiro britânico Gordon Murray, também abraça a eletrificação com novo projeto para um pequeno elétrico.

O Gordon Murray Group (GMC), fundado pelo conhecido engenheiro britânico Gordon Murray, “pai” do McLaren F1 e do GMA T.50, apresentou um plano de expansão a cinco anos no valor de 300 milhões de libras, o equivalente a 348 milhões de euros.

Este investimento vai resultar numa diversificação da empresa com sede em Surrey, no Reino Unido, que irá fazer uma aposta significativa na sua divisão Gordon Murray Design, que já está no processo de desenvolvimento de um “veículo elétrico ultra-eficiente, revolucionário e leve”.

O anúncio foi feito pelo próprio Gordon Murray em declarações à Autocar, que ainda revelou que este veículo terá “uma plataforma elétrica muito flexível desenhada para ser a base de um veículo do segmento B — um pequeno SUV com uma variante de uma compacta carrinha de entregas”.

A NÃO PERDER: Já mexe! GMA T.50 sai à rua pela primeira vez com Gordon Murray ao volante
Gordon Murray Design T.27
O T.27 era uma evolução do similar T.25. Mais pequeno que um Smart Fortwo, mas com três lugares, com o do condutor ao meio… como o McLaren F1.

Murray garante que terá menos de quatro metros de comprimento, sendo “mais um pequeno carro prático do que um citadino minúsculo”. Não esperem, por isso, grandes semelhanças com o pequeno T.27 que Murray desenhou em 2011.

Mas este pequeno elétrico é só o início. Este ambicioso plano de expansão prevê ainda a construção de uma nova unidade industrial que pretende “progredir na redução de peso e complexidade quer das arquiteturas dos veículos quer da produção”, colocando mais uma vez em prática os princípios criados pelo próprio Murray aplicados à produção, denominado de iStream,

Gordon Murray
Gordon Murray, o criador do seminal F1 na revelação do T.50, o carro que o próprio considera como o seu verdadeiro sucessor.

V12 é para manter

Apesar da aposta na eletrificação, com um futuro pequeno elétrico, a GMC não desiste da motorização V12 e promete um novo modelo com este tipo de motor, estando ainda previsto mais outro modelo híbrido, mas “muito barulhento”.

RELACIONADO: 852 kg de peso e 1500 kg de downforce. Tudo sobre o GMA T.50s ‘Niki Lauda’

E por falar no T.50, Murray confirmou à referida publicação britânica que o modelo vai começar a ser produzido ainda este ano.

Sabe responder a esta?
Qual a potência do McLaren F1 ‘LM Specification’?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

McLaren F1 “LM Specification” HDF. Um hino à performance

Mais artigos em Notícias