Apresentação

Hyundai Santa Cruz. A pick-up com “ares” de Tucson que nós não vamos ter

Com um visual próximo ao do nosso bem conhecido Tucson, a Hyundai Santa Cruz é a aposta da marca sul-coreana no lucrativo segmento norte-americano das pick-up.

Destinada ao bem sucedido (e quase imune às crises) segmento das pick-up norte-americano, a Hyundai Santa Cruz é também uma forma diferente de fazer um modelo daquele segmento.

Longe de ser uma rival para as enormes Ford F-150, Ram 1500 e Chevrolet Silverado, a Santa Cruz é bem mais compacta, recorrendo a um chassis monobloco (como os carros que a maioria de nós conduze) em vez das tradicionais longarinas. A sua principal rival acaba por ser a também pick-up com chassis monobloco da Honda, a Ridgeline.

Antecipada por um concept homónimo em 2015, a Santa Cruz acaba por se distinguir bastante deste, ao adotar a mais recente linguagem estética da Hyundai, com uma notória inspiração no novo Tucson, e afastando-se do aspeto mais utilitário que associamos às pick-up.

A NÃO PERDER: “Americanices”. SUV e pick-up já não cabem nas garagens
Hyundai Santa Cruz

Mecânica pensada para os EUA

Destinada ao mercado norte-americano, a Hyundai Santa Cruz conta com dois motores, ambos com 2.5 l de capacidade. O primeiro, atmosférico, conta com mais de 190 cv e cerca de 244 Nm enquanto o segundo, com um turbo, oferece mais de 275 cv e 420 Nm.

O motor atmosférico está associado a uma caixa automática com conversor de binário de oito relações enquanto o motor turbo surge acoplado a uma caixa automática de dupla embraiagem. Já a tração é sempre integral.

VEJA TAMBÉM: Ford Ranger RAPTOR Bi-Turbo. Levada ao LIMITE! (vídeo)

Interior de… SUV

Quanto ao interior, as imagens divulgadas pela Hyundai revelam a proximidade ao Tucson, comprovando a vocação mais urbana da Santa Cruz. Por lá encontramos um painel de instrumentos digital de 10” (opcional) e um ecrã central também com 10”.

Além disto há acabamentos em couro e no campo dos sistemas de ajuda à condução o assistente de manutenção na faixa e o sistema de prevenção de colisão frontal são de série, enquanto o avisador e câmara de ângulo morto ou o avisador de trânsito à retaguarda também podem ser instalados.

Com o arranque das encomendas nos EUA previsto já para este mês, não há qualquer indicação de que a Hyundai Santa Cruz possa vir a ser vendida na Europa.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Hyundai i30 SW?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Testámos o Hyundai i30 SW 1.0 TGDi N Line. Mudou, mas está melhor?

Mais artigos em Notícias